DestaqueSanta Maria

ELEIÇÕES 2020. Por que Jorge Pozzobom derrotou Sergio Cechin com 18 mil votos de diferença?

Articulista do Site analisa os fatores que levaram a vitória do candidato tucano

Jorge Pozzobom e Rodrigo Decimo receberam mais de 79 mil votos neste domingo (29). Foto Ariéli Ziegler / Divulgação

Por Maiquel Rosauro

Contra tudo e contra (quase) todos, o prefeito de Santa Maria Jorge Pozzobom (PSDB) obteve uma vitória monumental contra o vice-prefeito Sergio Cechin (PP) neste domingo (29). Mais do que isso, o tucano conseguiu derrotar um consórcio com mais uma dezena de siglas e velhos caciques que se alinharam contra ele neste segundo turno.

Pozzobom foi reeleito com 71.927 votos (57,29%) contra 53.616 (42.71%) de Cechin. Diferença de 18.311 votos.

A coligação de Pozzobom, Em Frente, Santa Maria!, é formada por PSDB, PSL, Podemos, DEM, PTB e PTC. Neste segundo turno, obteve apenas o voto crítico do PCdoB e apoio do ex-prefeito José Haidar Farret (sem partido). O vereador Daniel Diniz (PT) também anunciou publicamente o voto no tucano.

Por outro lado, a coligação de Cechin, Santa Maria Agora Sim, formada por PP, MDB, PROS, PRTB, Solidariedade, PL, Patriota e Avante garantiu no segundo turno apoio do PDT, PSB, Rede Sustentabilidade, PSD e dos candidatos a prefeito Jader Maretoli (Republicanos) e Evandro Behr (Cidadania). Além disso, Marcelo Bisogno (PDT) e Fabiano Pereira (PSB), que formaram uma chapa ao Executivo, também se alinharam ao progressista.

Ainda abriram voto para Cechin: o deputado estadual Giuseppe Riesgo (Novo), o vereador Ovidio Mayer (PTB), o vereador eleito Tony Oliveira (PSL), além de outras lideranças do PSL – sigla do candidato a vice-prefeito de Pozzobom, Rodrigo Decimo.

Poucas legendas não abriram voto em nenhum candidato. É o caso do Republicanos e do Cidadania (liberaram seus candidatos a votar como desejassem), PT (orientou os militantes e filiados a votarem nulo ou branco) e do PSOL (orientou o voto nulo).

Na última semana, Cechin ainda desistiu de dois debates e, sábado (28), divulgou uma pesquisa em que estava na liderança. O clima, entre seus inúmeros aliados, era de uma vitória certa. O que deu errado?

Para o advogado, especialista em Direito Constitucional e Mestre em Direito na Fundação Escola Superior do Ministério Público, Michael Almeida Di Giacomo, a reeleição de Pozzobom representa uma mudança de paradigma na política santa-mariense.

“É uma nova geração de políticos que passam a decidir os rumos da cidade. E uma das marcas que mais vejo presente na sua gestão é a capacidade de diálogo. A prova maior é que no decorrer do mandato, mesmo não tendo maioria na Câmara de Vereadores, mais de uma vez contou com votos de vereadores da oposição. Esse modo de trabalhar, acredito, motivou o eleitor da esquerda a transferir com muita força seus votos ao tucano e garantir sua vitória”, analisa Di Giacomo.

O advogado, que também é articulista do Site (escreve sempre as quartas-feiras), acredita que os resultados das urnas, este ano, indicam um novo tipo de liderança que a população deseja para o futuro.

“Os resultados eleitorais pelo Brasil demonstram que a população deseja ter sob sua liderança políticos moderados. Sem extremismos, seja à esquerda seja à direita. E Santa Maria parece refletir esse momento”, argumenta.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

5 Comentários

  1. Grandes articulistas ???….piada….o seu artur foi o mais capacitado pelo meu ver…o resto nem sabe o que esta falando…continuem estudando……

  2. Interessante como conseguem fazer uma análise como se não tivesse acontecido o que todo mundo viu. O analista do Diarreia de Santa Maria fez a mesma coisa ontem. ‘Capacidade de diálogo’, ‘Cladistone, o indigesto, é um ás no jogo politico’.
    Três hora da tarde de ontem o tucano estava na principal rádio da Rede BullShit afirmando que Cechin estava por se aposentar e foi obrigado a concorrer pelo senador Heinze para fornecer apoio na próxima eleição. Quem quiser passar ‘narrativas’ melhor procurar um psiquiatra.
    Politica é a arte de gerir a polis, não a arte de ganhar eleições. Responsabilidades serão lembradas para uns e a conta irá chegar para outros.

  3. Claudemir com a reeleição de Jorge Pozzobom consegui perceber que realmente a União faz a Força, foi demonstrado que a União de uma classe entorno de um objetivo tem mais forma que lideranças políticas. Com certeza a Secretária Lúcia conseguiu não mobilizar Grandes Lideranças Políticas, mas sim aquele que está sempre nos bairros, mas suas comunidades, que tem o apoio e principalmente a confiança dos moradores dessas comunidades que são os Professores.

  4. Lucia Madruga é uma das responsáveis pela vitória de Jorge. Foi uma secretária eficiente, e se mostrou uma grande articuladora no segundo turno, arrisco dizer que será candidata a prefeita daqui 4 anos pelos tucanos.
    Aliada de ultima hora, a estrela vermelha, antes vociferada pelo prefeito, ao qual o ascendeu politicamente, hoje brilhou e o conduziu novamente a vitória.
    A pandemia deu sobrevida a um governo com 60% de rejeição, a secretária que articulou com os professores junto com Rossonia, e a estrela do PT ganharam a eleição.
    Como diz o ditado, quando todo mundo chora, esperto é quem vende lenço.
    Para mim fica lição de quem é peixinho nem sempre será peixe, ganhar eleição dentro de um aquário é impossível. Agora vou ali lamber minhas feridas 😂😂😂😂 e recomeçar.
    Rir de si mesmo é o principio da boa saúde mental e o inicio do recomeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo