AgronegócioCampoDestaqueEconomiaRegião

ECONOMIA. Região lidera PIB Agropecuário gaúcho

Quatro municípios da região estão entre os 10 maiores VAB da agropecuária

Por Maiquel Rosauro

A região Central lidera o Produto Interno Bruto (PIB) Agropecuário do Rio Grande do Sul. Estudo divulgado nesta terça-feira (16), colocou Tupanciretã, Cachoeira do Sul, São Gabriel e Júlio de Castilhos entre os dez municípios com maior Valor Adicionado Bruto (VAB) da agropecuária em 2018, que indica o peso da atividade dentro do PIB gaúcho.

Tupanciretã, maior produtor de soja do Estado, está na liderança e possui 1,5% do VAB da agropecuária do Rio Grande do Sul, com mais de R$ 522 milhões.  

A Capital Nacional do Arroz, Cachoeira do Sul, líder em 2017, agora ficou na quarta colocação, com R$ 434,8 milhões. O município é seguido por São Gabriel, que se destaca pela produção de arroz e soja, com R$ 424,2 milhões.

O ranking ainda traz Júlio de Castilhos, forte produtor de soja, na nona posição com R$ 367,7 milhões.

Os dez primeiros colocados (confira na tabela) concentraram 11,8% do total do VAB da agropecuária, o que indica uma maior desconcentração da atividade entre os municípios do Estado.

O VAB da agropecuária do Estado totalizou R$ 35,59 bilhões em 2018, aumento de 5,9% em relação a 2017.

A pesquisa foi realizada Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com o Departamento de Economia e Estatística, vinculado à Secretaria de Planejamento do Estado.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo