Câmara de VereadoresPolítica

CÂMARA. Tubias Calil protocola o primeiro projeto de lei de um parlamentar na Legislatura 2021-2024

Iniciativa do emedebista busca desburocratizar atividade econômica em SM

Tubias Calil (com papeis à mão) pretende instituir a declaração de Direitos de Liberdade Econômica. (Foto Mateus Azevedo/Câmara)

Por Maiquel Rosauro

O ano nem começou direito e o vereador Tubias Calil (MDB) já protocolou um Projeto de Lei. A proposta busca instituir a Declaração de Direitos de Liberdade Econômica em Santa Maria.

“Tal iniciativa visa adequar a legislação municipal ao modelo de desburocratização e simplificação das relações entre empreendedores e o ente público, adequando o Município de Santa Maria aos parâmetros estabelecidos pela MP da Liberdade Econômica, instituída pelo Governo Federal”, explica o emedebista na Justificativa do projeto.

Este é o primeiro Projeto de Lei protocolado por um vereador de Santa Maria na Legislatura 2021-2024. Em síntese, a proposta busca criar um ambiente menos burocrático para quem deseja empreender.

“O referido projeto de lei visa o direito de toda pessoa de desenvolver atividade econômica de baixo risco, para a qual se valha exclusivamente de propriedade privada, sem a necessidade de atos públicos de liberação da atividade econômica”, justifica Tubias.

Segundo o emedebista, a proposta é especialmente relevante para o ecossistema de startups, pois caso as atividades se enquadrem no conceito de baixo risco não será necessário obtenção de alvarás e autorizações de funcionamento, burocracia que muitas vezes emperra as empresas.

Para que se torne lei, o projeto precisa ser aprovado em Plenário e, depois, ser sancionado pelo prefeito.

Confira a proposta na íntegra (AQUI).

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo