DestaqueEstado

ESTADO. Governador Leite quebra promessa da eleição de 2018 e anuncia privatização da Corsan

Proposta na AL derruba a obrigatoriedade de plebiscito para vender a empresa

Manifestação foi feita pelo governador nesta quinta. Se AL aprovar, Corsan será privatizada (foto Gustavo Mansur/Palácio Piratini)

Do Site do Correio do Povo, com informações do Governo do Estado

O governador Eduardo Leite (PSDB) anunciou, em live, no início da tarde desta quinta-feira, o início do processo da privatização da Corsan. A manifestação foi feita diante das mudanças do Marco Regulatório do Saneamento, aprovadas no Congresso Nacional. 

Segundo o governador, o marco prevê metas para serviços de saneamento até 2033 e, o não atendimento, pode representar a quebra de contratos. Ele ponderou que a Corsan não tem condições de cumpri-los.

LEIA TAMBÉM:

Leite avalia que população não tem informações suficientes para decidir sobre privatizações”, reportagem assinada por Flávia Bemfica, no site do jornal Correio do Povo (AQUI)

Leite reconheceu que mudou a sua posição em relação à privatização da companhia, na comparação com as declarações de quando era candidato ao governo do Estado. Em 2018, ele disse ser contrário à privatização. 

Atualmente, dos 497 municípios gaúchos, 317 têm os serviços operados pela Corsan. Os outros 180 fazem a prestação de outras maneiras, como por autarquias e empresas privadas. “A privatização (da Corsan) não representará a perda do contrato”, afirmou Leite. 

Com a desestatização da Corsan, o governo projeta:

• R$ 10 bilhões em investimentos, com universalidade de serviço de água e esgoto;
• Geração de empregos, dentro de um contexto de retomada econômica pós-Covid;
• Destravar potencial construtivo de regiões com limites de expansão, como no Litoral Norte;
• Suporte ao aumento do turismo em todo o estado, com mais abastecimento e esgoto;
• Ganhos de sustentabilidade, na medida em que melhora a proteção de mananciais;
• Diminuição do impacto de futuras estiagens, com um plano de segurança hídrica;
• Cada R$ 1 gasto em saneamento básico economiza R$ 4 em saúde (OMS);
• Impacto no IDH e na competitividade, com inclusão social e redução de desigualdade;
• Incentivo à tecnologia e à inovação.

<iframe width=”560″ height=”315″ src=”https://www.youtube.com/embed/ncOOQijbiWw” frameborder=”0″ allow=”accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture” allowfullscreen></iframe>

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Dudu Vaselina, o impostor, quebrar promessa de campanha não é exatamente novidade. Como ele é um possível futuro candidato capaz de concorrer com o atual mandatário criticá-lo pode render a alcunha apelidosa de ‘cavalista’.
    No governo Temer Corsan anunciou investimento de 129 milhões via recursos próprios (contrapartida), BNDES e CEF. Fabiano Pereira era secretário e a Corsan anunciou investimentos via financiamento da Caixa. No governo Schirmer por aqui idem. Se saiu algo do papel é outra história.
    Pergunta que não quer calar, do ‘governo projeta’, o que é mentira e o que é verdade?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo