DestaqueSanta Maria

BASTIDORES. Auxílio Municipal Emergencial, “PT Solidário”, projeto rejeitado e as novas comissões

Edil apresentou projetos que auxiliam população no combate à pandemia

A vereadora Helen Cabral levou cinco projetos de sua autoria para debater com o prefeito Jorge Pozzobom (Foto Divulgação)

Por Maiquel Rosauro

A vereadora Helen Cabral (PT) segue empenhada em tirar do papel os projetos que ela apresentou desde que tomou posse, há um mês. Na manhã desta sexta-feira (16), a petista esteve reunida com o prefeito Jorge Pozzobom (PSDB) para tratar, sobretudo, da proposta que autoriza a Prefeitura a instituir o Auxílio Municipal Emergencial, com periodicidade mensal, no valor mínimo de R$ 250,00.

Também foram debatidas a criação do Programa de Amparo ao Emprego; Fundo Santa Maria de Cidadania (para financiar a manutenção do Auxílio Municipal Emergencial); Programa Juro Zero Municipal (que visa abrir linhas de crédito entre R$ 500 e R$ 5.000 para MEI’s, micro e pequenas empresas); e a criação do IPTU Social. Todas são projetos protocolados pela petista.

Helen participou do encontro com o prefeito acompanhada da presidente do Conselho de Segurança Alimentar (Consea), irmã Lourdes Dill; do coordenador do projeto de Hortas Comunitárias, Luiz Antônio Loreto; e do represente da União das Associações Comunitárias (UAC), Rogério Rosado.

PT Solidário

Neste sábado (17), será realizado o Dia da Solidariedade Petista. Entre 7h e 13h, em frente ao Centro de Referência de Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, será realizado um drive-thru para arrecadação de alimentos.

Rejeitado

Na sessão de quinta-feira (15), os vereadores rejeitaram proposta que reajustava a Taxa de Licenciamento Ambiental (TLAM). O Projeto de Lei Complementar, de autoria do Executivo, havia sido protocolado em 25 de abril de 2019 (AQUI). Ou seja, tramitava na Casa há quase dois anos. No total, foram 11 votos contrários.

Comissões

Duas comissões especiais foram formadas na sessão de quinta. Uma delas, de autoria de Alexandre Vargas (Republicanos), visa tratar da Regularização Fundiária da Chaminé, comunidade localizada no Bairro Passo D’Areia. Além do republicano, também estarão no colegiado Adelar Vargas – Bolinha (MDB) e Marina Callegaro (PT).

Outra comissão foi proposta por Tubias Calil (MDB) para analisar e propor alterações na Lei Orgânica; Plano Diretor; Código de Posturas; Código de Obras; Zoneamento; Uso e Ocupação de Solo e no Código de Edificações do município. Chamou atenção o fato de Werner Rempel (PCdoB) ter votado contra a criação do grupo. A comissão será composta por Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), Manoel Badke – Maneco (DEM) e Tubias.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Site sempre empenhado em fazer propaganda para o PT e ajudar o aliado da ocasião, Cladistone, o indigesto. Mote agora é recuperar a popularidade de Helen Cabral.
    Petista tem uma contribuição a aldeia, a única real, foi candidata a prefeitura. Como a candidatura estava afundando se tocou para Brasilia e conseguiu uma das poucas contribuições de Capsicum, a travessia urbana. Não resolveu, obvio que a edil não reúne condições de ser prefeita. Sim, existem petistas com condições de ocupar o cargo majoritário, existem mulheres de todos os partidos e linha de pensamento que também reúnem (entretanto é difícil convencer a concorrer).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo