DestaqueSanta Maria

CÂMARA. Edis apresentam redução acentuada no gasto com telefonia neste primeiro trimestre do ano

Gasto total foi menos de um terço do apresentado em igual período de 2020

Parlamentares de Santa Maria gastam cada vez menos dinheiro público com telefonia, seja fixa ou móvel (Foto Divulgação)

Por Maiquel Rosauro

Os vereadores de Santa Maria nunca foram tão econômicos em relação à telefonia. Nos primeiros três meses de 2021, foram gastos R$ 5.654,73 com as cotas dos aparelhos fixos e móveis. No mesmo período do ano passado o gasto foi de R$ 17.161,74 (corrigido pela inflação), ou seja, mais do que o triplo do valor atual.

A redução foi possível porque, no último trimestre, a Câmara não registrou gastos com a cota de celular de 16 dos 21 vereadores. Porém, a economia poderia ser ainda maior se não fosse pelos contratos vigentes com as operadoras.

Dados obtidos via Lei de Acesso à Informação indicam cobrança por serviços que não são utilizados. É o caso, por exemplo, do vereador Valdir Oliveira (PT), que em janeiro renunciou ao uso do celular funcional. A Câmara pagou em março a taxa de R$ 91,90 pelo aparelho do petista.

Conforme o Site apurou, o Parlamento tem a opção de suspender as linhas de forma temporária, por 120 dias e, assim, não pagar a taxa mínima de uso. Esta foi a alternativa adotada para os novos vereadores que decidiram não herdar os aparelhos que seus colegas utilizaram na legislatura passada.

O contrato de telefonia móvel vence no final deste mês e o seu futuro é incerto, já que os aparelhos são cada vez menos requisitados. Nesta sexta-feira (16), o secretário geral da Casa, Antônio Carlos Carneiro, terá uma reunião com representantes da operadora Vivo para debater o assunto.

Em relação à telefonia fixa, mesmo com alguns parlamentares declinando do serviço, não foi possível colocar tal medida em prática devido ao contrato com a Oi. Em março, todos os gabinetes pagaram, no mínimo, R$ 77,77 pelo serviço.

O Artigo 1º, da Resolução Legislativa 7/2017, estabelece que a Câmara disponibilizará para cada mandato parlamentar uma quota anual de telefonia móvel e fixa até o valor anual de R$ 6,6 mil, o que inclui a taxa básica do plano contratado.

Nos primeiros três meses de 2021, o maior gasto registrado com telefonia foi de Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), no valor de R$ 547,48; seguida por Valdir Oliveira, Manoel Badke – Maneco (DEM), Adelar Vargas – Bolinha (MDB) e Admar Pozzobom (PSDB). Eles são os únicos que apresentaram algum consumo de celular.

Os que menos gastaram no período foram Tony Oliveira (PSL), Roberta Pereira Leitão (PP), Werner Rempel (PCdoB), Paulo Ricardo Pedroso (PSB) e Pablo Pacheco (PP), cujos valores não chegaram a R$ 180,00.

Vereador – Gasto com telefonia no 1º trimestre de 2020

Luci Duartes – Tia da Moto (PDT) – R$ 547,48

Valdir Oliveira (PT) – R$ 537,86

Manoel Badke – Maneco (DEM) – R$ 464,37

Adelar Vargas – Bolinha (MDB) – R$ 445,65

Admar Pozzobom (PSDB) – R$ 441,81

Anita Costa Beber (PP) – R$ 293,49

Rudinei Oliveira – Rudys (MDB) – R$ 273,48

Marina Callegaro (PT) – R$ 222,19

Getúlio de Vargas (Republicanos) – R$ 199,95

Juliano Soares – Juba (PSDB) – R$ 199,62

Alexandre Vargas (Republicanos) – R$ 196,21

João Ricardo Vargas (PP) – R$ 194,66

Ricardo Blattes (PT) – R$ 191,19

Givago Ribeiro (PSDB) – R$ 191,16

Danclar Rossato (PSB) – R$ 184,10

Tubias Calil (MDB) – R$ 181,21

Pablo Pacheco (PP) – R$ 178,48

Paulo Ricardo Pedroso (PSB) – R$ 178,22

Werner Rempel (PCdoB) – R$ 177,96

Roberta Pereira Leitão (PP) – R$ 177,82

Tony Oliveira (PSL) – R$ 177,82

TOTAL – R$ 5.654,73

Fonte: Câmara de Vereadores de Santa Maria, via Lei de Acesso à Informação

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo