DestaqueEducaçãoSanta Maria

EDUCAÇÃO. Sindicato dos Professores Municipais busca informações da prefeitura sobre a vacinação

Entidade quer saber onde o magistério entra, no planejamento da imunização

Por Paulo André Dutra / Da Assessoria de Imprensa do Sindicado dos Professores Municipais

Está em vigor a Lei Municipal 6531/2021, aprovada pela Câmara de Santa Maria no dia 16 de março e sancionada pelo prefeito Jorge Pozzobom em 1 de abril. De autoria da vereadora Luci Duartes – Tia da Moto (PDT), a lei determina prioridade na vacinação contra a Covid-19 para professores e funcionários da educação que se encontram em contato direto com alunos.

O Sindicato dos Professores Municipais de Santa Maria encaminhou nesta terça-feira (20) ofício ao prefeito municipal solicitando informações sobre o calendário da aplicação do imunizante onde se inclua o cumprimento da referida lei.

“O texto determina que as categorias sejam priorizadas após idosos e trabalhadores em saúde. Segundo o que vem sendo divulgado, a vacinação desses grupos está na reta final. Queremos entender onde o magistério entra neste planejamento”, explica a coordenadora de Comunicação e Formação Sindical, Celma Pietczak.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo