DestaqueSanta Maria

CÂMARA. Paulo Ricardo, parlamentar que mais economiza dinheiro público no Legislativo de SM

Confira os gastos de cada vereador nestes primeiros três meses da Legislatura

Paulo Ricardo Pedroso gastou só R$ 178,81 com as cotas de atividade parlamentar entre janeiro e março (Foto Karohelen Dias/Câmara)

Por Maiquel Rosauro

Nos primeiros três meses de 2021, a Câmara de Vereadores de Santa Maria gastou R$ 22.378,32 com as cotas de telefonia, material de escritório e combustível dos 21 parlamentares. No período, não ocorreram gastos com diárias e envio de correspondências.

O vereador mais econômico no primeiro trimestre, conforme dados obtidos via Lei de Acesso à Informação, foi Paulo Ricardo Pedroso (PSB), com apenas R$ 178,81 (R$ 0,59 em material de escritório e R$ 178,22 em telefonia). Ele não utiliza a cota de combustível e nem faz uso do smartphone funcional disponibilizado aos parlamentares.

“Finalizo meus primeiros meses de mandato com o sentimento de dever cumprido: seja por ter entregado um mandato ativo e qualificado, gastando menos, seja por ter instituído uma cultura de respeito e economia com o dinheiro de quem paga seus impostos”, afirma o socialista.

Em segundo lugar está Pablo Pacheco (PP), que gastou apenas R$ 0,26 a mais do que Paulo Ricardo. Também são destaques Tubias Calil (MDB) e o presidente da Casa, João Ricardo Vargas (PP), que consumiram no período, respectivamente, R$ 181,80 e R$ 195,25. Os quatro são os únicos que apresentaram gasto inferior a R$ 200,00 com as cotas de atividade parlamentar no primeiro trimestre.

No topo da tabela está o postulante ao cargo de líder do Bloco de Situação, Admar Pozzobom (PSDB), que gastou R$ 3.518,52 (R$ 42,71 em material de escritório, R$ 441,81 em telefonia e R$ 3.034,00 em combustível).

“Ando com o gabinete móvel por toda a cidade e acabo gastando mais do que a cota. Além disso, recebo muitas ligações a cobrar e sempre atendo para dar retorno ao contribuinte”, explica o tucano.

Admar é seguido pelo líder do governo, Alexandre Vargas (Republicanos), R$ 3.272,14. Em nível de comparação, o valor é superior ao somatório de gastos dos 12 parlamentares mais econômicos da Casa: Paulo Ricardo, Pacheco, Tubias, João Ricardo Vargas, Roberta Pereira Leitão (PP), Werner Rempel (PCdoB), Givago Ribeiro (PSDB), Getulio de Vargas (Republicanos), Juliano Soares – Juba (PSDB), Danclar Rossato (PSB), Ricardo Blattes (PT), Marina Callegaro (PT), Rudinei Rodrigues – Rudys (MDB): R$ 3.149,27.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo