DestaqueEducação

EDUCAÇÃO. Alunos de mais 20 escolas municipais terão equipamentos doados pela Receita Federal

Tablets, Netboks e Smartphones estão entre os equipamentos a ser entregues

Equipamentos são utilizados para o ensino mas os alunos que os receberem não precisarão devolver (foto Ariéli Zigler/Prefeitura)

Por Rafael Favero / Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal

O projeto Sala de Aula na Palma da Mão, realizado pela Prefeitura de Santa Maria por meio do Programa Municipal de Educação Fiscal (PMEF) e do Núcleo de Tecnologia Educacional (NTEM/SM), segue em expansão. Mais 20 escolas da Rede Municipal de Ensino foram selecionadas para receber equipamentos tecnológicos que vão apoiar o aprendizado dos alunos nas atividades remotas. 

As próximas escolas beneficiadas serão as seguintes: Pinheiro Machado, São Carlos, Renato Zimmerman, Martinho Lutero, Sergio Lopes, Lourenço Dalla Corte, João Da Maia Braga, Lidovino Fanton, Leduvina da Rosa Rossi, Maria de Lourdes Bandeira Medina, Tenente João Pedro Menna Barreto, Júlio do Canto, Diácono João Luiz Pozzobon, Pedro Kunz, Irineu Antoline, Edy Maia Bertóia, Professora Erlinda Minóggio Vinadé, João Hundertmark, Intendente Manoel Ribas e Francisca Weinmann.

As instituições são escolhidas a partir de critérios como a constatação da falta de aparelhos apropriados nas famílias dos matriculados, baixo percentual de participação dos estudantes no ensino remoto mediado por tecnologia digital e baixo poder aquisitivo da comunidade na qual estão inseridas. 

As direções precisam ficar atentas, já que, a partir da próxima segunda-feira (10), elas devem fazer a inscrição dos alunos que ganharão os equipamentos, conforme informações disponíveis na PÁGINA da Educação Fiscal, no site da Prefeitura Municipal. Os alunos ficam com as doações para sempre. 

Até o momento, quatro escolas já foram contempladas pelo projeto Sala de Aula na Palma da Mão. São elas: Adelmo Simas Genro, no Bairro Nova Santa Marta, Maria de Lourdes Ramos Castro, na Vila Maringá, no Bairro Diácono João Luiz Pozzobon, Pão dos Pobres, no Bairro Nossa Senhora de Fátima, e CAIC Luizinho de Grandi, localizado no Bairro Lorenzi, que, nesta quinta-feira (6), recebeu um tablet, um netbook e oito celulares, beneficiando 10 alunos. 

O prefeito Jorge Pozzobom tem participado dos atos de entrega dos netbooks, tablets e celulares, que são doados pela Receita Federal.  Segundo ele, é uma alegria poder contribuir com a manutenção da educação neste período de tantas dificuldades, para alunos, pais e professores. 

“Esperamos que esses aparelhos possam ajudar os alunos a otimizar o aprendizado, mantendo-os conectados a todas as tarefas que os professores, de forma louvável, têm proporcionado durante a pandemia, mesmo com todas as limitações impostas pelo ensino remoto”, afirma Pozzobom. 

Ao receber os equipamentos, os alunos são orientados sobre como utilizá-los da melhor forma para estudar. Na mesma oportunidade, eles participam de uma oficina pedagógica com a coordenadora adjunta do PMEF, Adriana Aires Pereira, sobre a Educação Fiscal, na qual recebem informações sobre o Peça Nota Santa Maria e o Nota Fiscal Gaúcha. 

Veja mais informações sobre o projeto Sala de Aula na Palma da Mão AQUI.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo