DestaqueSegurança

SEGURANÇA. Brigada Militar prende um homem por tentativa de feminicídio. Caso ocorreu em Santiago

A vítima, mulher de 26 anos, foi encontrada inconsciente. Agressor foi preso

Com informações (e texto) da Seção de Comunicação Social do 5º RPMon

Na madrugada desta terça-feira (29/06), às 3h 35, guarnição de serviço do policiamento ostensivo durante ações preventivas no bairro Carlos Humberto, em Santiago, foi informada que um homem estaria agredindo uma mulher em uma residência nas proximidades.

No local, a vítima ,de 26 anos, encontrava-se com lesões e inconsciente, sendo acionado Corpo de Bombeiros, que a conduziu até o Grupo Hospitalar de Santiago para atendimento.

Segundo informações e características do agressor, um homem de 39 anos foi localizado e relatou ter agredido a vítima em razão de um desentendimento.

Diante dos fatos o envolvido foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) para providências, onde foi lavrado auto de prisão em flagrante por tentativa de feminicídio.

PARA LER A ÍNTEGRA, NO ORIGINAL, CLIQUE AQUI.

Observação do Editor: inclusive para preservar a vítima, nomes não foram citados no boletim da Brigada Militar.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo