DestaquePaís

UFSM. “Tem coisas que não conseguimos ensinar; o caráter é uma delas”, fala Burmann, sobre Heinze

Senador criticou a UFSM na CPI da Pandemia. Nesta quinta, reitor respondeu

Depoimento do reitor Paulo Burmann foi proferido nesta sexta-feira, em reunião do Conselho Universitário (Consu) (Foto Reprodução)

Por Maiquel Rosauro

“Tem coisas que não conseguimos ensinar na Universidade, o caráter é uma delas”. Esta foi a resposta do reitor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Paulo Burmann, ao senador Luis Carlos Heinze (PP), que disse ter vergonha de ter cursado Agronomia na instituição.

A declaração de Burmann foi feita durante reunião do Conselho Universitário (Consu), nesta sexta-feira (25).

“A ideia de comer, se lambuzar e virar o coxo traduz bem este fato em relação ao caráter e ao respeito à instituição, que tem sido responsável pela formação de mais de 180 mil profissionais”, disse Burmann.

Na quinta (24), durante a CPI da pandemia, no Senado Federal, durante um raciocínio em defesa do uso de cloroquina contra covid-19, Heinze fez uma crítica à ideologia de algumas instituições de ensino.

“Eu estudei em Santa Maria nos anos 70. Tenho vergonha da minha escola. Dos cursos de Agronomia mais renomados, hoje perde para Lavras do Sul e Piracicaba, outras escolas, porque não tem ideologia lá. E na minha escola, onde eu me formei, tem ideologia”, disse o senador.

Embora tenha dito Lavras do Sul, na verdade, ele estava se referindo à Universidade Federal de Lavras (UFLA), em Lavras-MG. Os cursos de Agronomia tanto da UFSM quanto da UFLA possuem conceito 5 do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP).

Confira a declaração de Burmann:

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

3 Comentários

  1. Concordo que caráter não se ensina na universidade.
    Temos muitos exemplos de falta dela, fora e dentro. Não precisa provar caráter para ser servidor concursado nem aspirar cargos dentro da UFSM.
    Heinze conseguiu exatamente o que queria.

  2. Kuakuakuakua! Isto é que é dar importancia para o senador.
    Com uma consulta simplres nota-se que Heinze se formou antes de Burmann passar no vestibular ou quando ele era calouro. Kuakuakuakua! Depois o ‘não conseguimos ensinar’, é o ‘homem-universidade’. Bota humildade nisto! Kuakuakuakua!
    Sem stress, semana que vem ninguém mais lembra. Daqui mais um tempo acontece outra coisa e os imbecis do ‘sou ufsm’, mentalidade adolescente e suas hashtags, voltam.

    1. Kuakuakuakua!
      Acompanho o redator no Kuakuakuakua!
      Ponto pro Heinze, calou a análise da “pesquisa”.
      Temos uma terceira lugar com mais votos que a segunda. Pró teiotra de graduação ficou em terceiro entre Alunos. Estranho. Sorte que professores tem peso 0,7.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo