DestaqueSanta Maria

BASTIDORES. CPI dos Pronto Atendimentos, Reforma Administrativa aprovada e o condomínio da ESA

Comissão promoveu mais de 10 horas de depoimentos na sexta-feira (16)

Roberta Pereira Leitão, Tony Oliveira e Manoel Badke estão à frente da CPI dos Pronto Atendimentos. Foto Bruno Tech / Divulgação

Por Maiquel Rosauro

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Pronto Atendimentos promete avançar esta semana. Na sexta-feira (16), foram realizadas seis oitivas que duraram mais de dez horas. O colegiado é formado por Tony Oliveira (PSL), presidente; Manoel Badke – Maneco (DEM), vice-presidente; e Roberta Pereira Leitão (PP), relatora.

Ao longo da sexta foram ouvidas a secretária adjunta da Saúde, Ana Paula Seerig; a superintendente de atenção especializada da Prefeitura, Juliana Pruni; a fiscal de contrato do município com a Associação Franciscana de Assistência à Saúde (Sefas), Talissa Arruda; e ainda os médicos Paulo Freitas, do PA da Tancredo Neves, Vivakanand Satran, da UPA; e, por fim, Liliane Bellenzier, do PA do Patronato.

“Vamos nos reunir nos próximos dias, eu, o vice-presidente Maneco e a relatora Roberta, para analisar e debater sobre todos os depoimentos obtidos, a fim de deliberar sobre os próximos passos da Comissão”, afirma Tony.

A CPI foi instaurada para apurar possíveis irregularidades nas unidades de urgência e emergência de Santa Maria (Pronto Atendimento Municipal Infantil e Adulto do Bairro Patronato, Pronto Atendimento do Bairro Tancredo Neves e UPA 24h).

Reforma Administrativa e ESA
Na última sessão plenária deste mês, na quinta-feira (15), os vereadores aprovaram em sessão extraordinária a nova estrutura administrativa do Poder Executivo Municipal. Mas nem tudo deu certo para o governo.

A base de Pozzobom não conseguiu aprovar o projeto do Plano Setorial para a implantação de um Conjunto Residencial Vertical destinado a ser uma Vila Militar a ser instalada no bairro Caturrita. O vereador Ricardo Blattes (PT) pediu vistas e a iniciativa só voltará a ser discutira em agosto.

A proposta visa alterar o Plano Diretor da cidade de modo a possibilitar a implantação de um conjunto habitacional para incentivar a vinda da Escola de Sargento das Armas (ESA) para Santa Maria.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo