DestaqueSanta Maria

KISS, 102 MESES. Em mais um dia 27, a contagem regressiva até o júri. E hoje tem documentário na TV

Pandemia impede as habituais manifestações públicas de familiares e amigos

COM ACRÉSCIMO ÀS 14H28

E chega-se a 102 meses. É o tempo que separa o hoje da tragédia (evitável) na qual foram chacinados 242 meninos e meninas, e feridos cerca de 600 jovens, a partir do incêndio da boate Kiss, na madrugada de 27 de janeiro, o último domingo daquele mês de 2013.

Agora, corre o prazo até que ocorra o julgamento dos quatro réus denunciados no processo criminal que apontou responsabilidades pelo incêndio e por suas consequências.

Está marcado para iniciar em 1ª de dezembro, no Foro Central 1, da capital do Estado, o júri popular presidido pelo juiz Orlando Faccini Neto, com os reús, os sócios da Boate Kiss, Elissandro Callegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann, e os músicos da Banda Gurizada Fandangueira, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão.

De todo modo, como ocorre desde o início da pandemia, não haverá nesta terça, 27, a tradicional vigília de familiares e amigos, na Tenda da Praça Saldanha Marinho, como também as outras habituais manifestações, entre as quais o momento de reflexão e o “minuto do barulho”.

EM TEMPO: uma das atividades que, enfim, marcará esse 27 de julho, acontecerá às 10 da noite. A TV Câmara (canal 18.2, em canal aberto – canal 16 na TV a Cabo Claro.Net) vai exibir documentário “Janeiro 27”, dirigido por Luiz Alberto Cassol e que foi produzido ao longo de 2013.

NOTA DO EDITOR: este site, como faz a cada dia 27, e não é diferente agora, publica a imagem com os nomes dos 242 meninos e meninos chacinados na boate Kiss. E assim será, até que se faça JUSTIÇA.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo