DestaqueEducação

UFSM. Já são 42 mil visualizações no programa de capacitação “Temas Emergentes e Ensino Híbrido”

65 municípios são parceiros da ação extensionista do Centro de Ciências Rurais

Todos os municípios apoiadores do Programa de Capacitações UFSM (Imagem de Reprodução/ Coordenação do Programa)

COM ACRÉSCIMOS E CORREÇÕES ÀS 10 E 6, DE 22/7/2021

Informações (e texto) da Coordenação do Programa do CCR/UFSM

O Programa “Temas Emergentes e Ensino Híbrido para Educação Básica” da Universidade Federal de Santa Maria recebeu mais de 9,5 mil inscrições. O programa é uma ação de extensão vinculada ao Centro de Ciências Rurais (CCR) da institução e conta com a parceria de 65 municípios do Rio Grande do Sul.

A capacitação virtual foi lançada oficialmente no dia 1º de julho, com a participação do professor João Bottentuit Junior, da Universidade Federal do Maranhão, que apresentou a palestra “Estratégias e Tecnologias Digitais para aulas remotas na Educação Básica”.

Desde então, o programa já iníciou as palestras dos três dos 18 cursos previstos, com duração de 40 horas, voltados para os profissionais que atuam nas escolas de educação básica. A primeira, com o tema Escolhendo os modelos híbridos: dos sustentados aos disruptivos”, foi apresentado pela professora Simone Alves.A segunda, “Fome de quê? Desafios da segurança e soberania alimentar em tempos de Pandemia”, contou com professora Gisele Martins Guimaraes. Já a terceira, “A escuta como forma de produzir laço: Comunicação Não Violenta”, teve como palestrante a professoraMárcia Regina Marchezan.

O programa, coordenado pela professora Liziany Müller, tem o objetivo de formar redes de colaboração com a comunidade escolar e potencializar a democratização e a interiorização do ensino público, gratuito e com qualidade.

“O sentimento é de orgulho, alegria e satisfação de participar desse momento de tamanha abrangência e importância. Precisamos ter consciência do tamanho dessa Instituição e da importância de suas ações para a educação, ciência, pesquisa e atividades de extensão. É um processo maravilhoso que transforma vidas e o país”, comentou o reitor Paulo Burmann durante o lançamento do projeto.

42 mil visualizações no YouTube

As capacitações gratuitas ocorrem pelo Google Sala de Aula e pelo Canal Capacitação Digital UFSM no YouTube. Até o momento, os vídeos já receberam mais de 42 mil visualizações e contam com expressiva participação. Ao todo, serão mais de 720 horas de atividades. Os demais interessados ainda podem se inscrever pelo SITE.

REPERCUSSÕES

A proposta busca refletir e instrumentalizar sobre diferentes temas emergentes e o ensino híbrido no contexto escolar durante a pandemia, contempla assuntos sobre tecnologias digitais, comunicação não violenta, alimentação saudável, saúde mental, sustentabilidade e meio ambiente. Com isso, o programa visa A desenvolver estratégias para a garantia da oferta de um ensino democrático e inclusivo para assegurar o direito de crianças e jovens à aprendizagem de qualidade.

“Estamos gratos e honrados em poder fortalecer a interação da comunidade escolar com a Universidade, com uma visão multidisciplinar e crítico-reflexiva, afirmando nosso compromisso com a sociedade e indissociabilidade do ensino, pesquisa e extensão”, afirmou Liziany Müller.

Após a realização das primeiras palestras, o secretário de Educação de Santa Margarida do Sul, Rogério Corrêa, destacou: “a construção do conhecimento através do programa de capacitação é fruto de uma preocupação em habilitar, ainda mais, os profissionais da rede básica. A formação continuada é basilar para um crescimento expressivo das redes municipais de ensino e, consequentemente, da qualidade na educação de nossos educandos”.

A secretária de Educação de Sarandi, Denise Gelain, comentou sobre o retorno positivo dos professores sobre os cursos. “Segundo relatos de nossos professores, são de excelente qualidade e fornecem uma base teórica robusta, agregando estratégias de ensino e aprendizagem que serão aplicadas em nossas escolas como parte do Programa Municipal por uma Educação de Qualidade”, contou.

Já a professora Ruth da Silveira Leal, da escola EMEF Professora Maria Carolina Berny De Oliveira, de São Gabriel, lembrou que foi preciso se reinventar nos sistemas híbrido e remoto.  “Entendemos que tem como foco a aprendizagem em ritmo e tempo do aluno, onde ele é o protagonista e está no centro do processo. Precisam ser oferecidos possibilidades de interação com os conhecimentos e desenvolvimento das habilidades”, comentou.

Quem já participou dos cursos tem expectativas altas das demais etapas. “Estou muito encantada e aguardando para assistir aos próximos temas que serão abordados. Pude, sem dúvida, absorver muito conhecimento”, disse a professora Inez Corbari, coordenadora do Polo da Universidade Aberta do Brasil de Itapema

“Minha expectativa para as próximas palestras é que os assuntos auxiliem na minha prática educativa”, comenta a vice-diretora Berenice Mirapalhete Dias, da EMEB Bernardo Arriada, da área rural de Santa Vitória do Palmar.

“As palestras foram excelentes! Estão aprimorando meu cotidiano escolar e o meu desenvolvimento  pessoal. Minhas expectativas para as próximas palestras é  ampliar  ainda mais saberes e renovar minhas práticas metodológicas”, ressalta a professora Eliane  Prunzel Haas, da EMEFJacó  David  Diesel de São Pedro do Sul.

A merendeira Lenir Aparecida Dos Santos, da EMEI Pingo de Gente, de Ibarama, comentou que irá colocar em prática tanto na escola quanto em casa os conhecimentos que aprendeu.  “Gostei da parte em que falou que a merenda escolar é muito importante para a aprendizagem das crianças”, ressaltou.

Sirlei Lenice Rodrigues, diretora de Ensino da Secretaria Municipal de Educaçã, Cultura, Turismo e Desporto (SMECTD) de Ibarama/RS, menciona que as palestras foram de excelente qualidade. “A partir da formação sobre a Comunicação Não Violenta entendi como realizar intervenções e ações de apoio, desde a merenda escolar até na comunicação com toda a comunidade local e escolar. É um aprendizado para minha vida”, reforçou.]

O QUE VEM AÍ

Próximas palestras do Programa de Capacitações ““Temas Emergentes e Ensino Híbrido para Educação Básica”, entre a terça, 27, e a quinta, 29. Confira:

27/07 às 19h Planejar e Avaliar no Ensino Híbrido: perspectivas para a educação básica. Dra Profa Alanna Oliveira Pereira Carvalho. Link do YouTube: https://youtu.be/qnoYuJtsR98   

28/07 às 19h – O papel da comunidade escolar na promoção da alimentação adequada, saudável e sustentável. Dra Profa Vanessa Ramos Kirsten. Link do YouTube: https://youtu.be/1ymrye4saLI  

29/07 às 19h – Comunicação não violenta e Educação.  Dr. Prof.  Marcelo Pelizzoli. Link do YouTube: https://youtu.be/YzSp9HuzIW0

Para fazer as inscrições dos próximos cursos, conferir aqui: https://capacitacaoufsm.site/login

Canal YouTube Capacitação Digital UFSM:  https://www.youtube.com/channel/UCsLwe9HMnt27tSmMHXsUPzQ/videos

Facebook: https://www.facebook.com/capacitacaodigitalufsm /

Instagram: https://instagram.com/capacitacaodigitalufsm?utm_medium=copy_link

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo