DestaqueSanta Maria

KISS, 106 MESES. A quatro dias do júri popular, caminhada lembra as vítimas fatais da tragédia

Familiares das vítimas vão da Tenda da Vigília até as dependências da boate

Ao longo do viaduto Evandro Behr, cruzes lembram as jovens vidas ceifadas pela tragédia de quase nove anos atrás (foto Reprodução)

Do G1, portal de notícias das Organizações Globo / texto de Fabiana Lemos e Maurício Rebellato (RBS-TV)

Próximo ao início do julgamento dos quatro réus pelo incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, em 2013, familiares das vítimas caminharam pela cidade neste sábado (27) para relembrar a tragédia. São oito anos e 10 meses desde que 242 pessoas morreram e pelo menos 636 ficaram feridas após parte da casa noturna pegar fogo.

Pais e outros parentes se reuniram na Praça Saldanha Marinho, no centro da cidade, onde está a tenda dos familiares. O local foi instalado para que eles ofereçam consolo mútuo para conversar sobre uma dor que só eles conhecem.

Todo dia 27, a Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM) fazia uma programação com orações e pedidos de justiça, mas foi obrigada a suspender isso na pandemia. Agora, se reencontram pela última vez antes do julgamento.

A passeata foi curta, de cerca de três quadras até o local onde ficava a casa noturna. Familiares também espalharam cruzes ao lado da praça, no viaduto Evandro Behr.

Na parede, um vídeo em homagem às vítimas será projetado. É uma ação para relembrar das pessoas e, principalmente, pedir justiça, segundo os familiares.

Um banner com foto de cada um dos mortos no incêndio está instalado permanentemente no Centro, mas agora será retirado da tenda. Os familiares vão levar para Porto Alegre, no Foro Central, para o tribunal do júri. Enquanto isso, outro, todo branco, ficará no lugar para que qualquer um deixe uma mensagem de força….”

PARA LER A ÍNTEGRA, CONFERIR OUTRAS FOTOS E VÍDEO, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo