DestaqueRegião

RSC 287. Reivindicações regionais serão entregues nesta quarta à concessionária em Porto Alegre

Encontro com presença de deputado e lideranças será na agência de regulação

Valdeci Oliveira: são duas reivindicações básicas. Uma delas é o início da obra tanto de um lado quanto de outro (Foto Divulgação)

Da Assessoria de Imprensa do Deputado Valdeci Oliveira

As questões em torno da duplicação e pedagiamento da RSC-287 serão abordadas nesta quarta-feira, 24, às 9h30min, em audiência na Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do RS (Agergs). A informação foi confirmada nesta terça-feira, 23, pelo deputado Valdeci Oliveira (PT), durante reunião ordinária da Comissão de Assuntos Municipais (CAM) da Assembleia Legislativa.

De acordo com Valdeci, essa será a primeira reunião oficial para tratar das demandas da Região Central (antecipação das obras de duplicação e mudança do local da praça do pedágio no Distrito de Palma, entre Santa Maria e Restinga Seca) que contará com a presença da empresa Sacyr, que detém a concessão da 287 pelos próximos 30 anos.

Participarão do encontro, organizado pela Comissão de Defesa do Consumidor do parlamento gaúcho, representantes da própria Agência, da empresa Sacyr (responsável pelas obras), da Secretaria Estadual de Parceiras e da comissão formada por lideranças políticas e empresariais de Santa Maria e da Região da Quarta Colônia.

“Trata-se de um tema da maior relevância e que precisa ser muito bem discutido. Estamos buscando o diálogo em todos os espaços e aproveitando todos canais de negociação disponíveis”, afirma o deputado, que tem colocado o tema como uma das pautas prioritárias da Região Central gaúcha, tendo proposto e participado de audiências públicas (como a de 15/10, no Recanto Maestro, em Restinga Seca, com mais de 200 pessoas), de discussões na Câmara de Comércio, Indústria e Serviços de Santa Maria (Cacism), discutido o assunto com a Casa Civil do governo estadual e mantido reuniões periódicas com moradores e produtores rurais da Quarta Colônia, classes política e empresarial de Santa Maria e demais localidades da região que serão afetadas pelas obras.

Nova audiência pública

“O importante é estarmos todos unidos. São muitos os movimentos que estão sendo feitos nesse sentido e quantos mais forem realizados melhor será para mobilizarmos a sociedade e convencermos tanto a empresa como o próprio governo, por meio da Agergs, e chegarmos a um denominador comum com vistas ao atendimento das reivindicações da população”, destacou Valdeci, ao votar na CAM favoravelmente à realização de uma nova audiência pública, esta proposta pelo colega Beto Fantinel, para tratar dos impactos da concessão e duplicação da RSC- 287 entre os municípios de Novos Cabrais e Santa Maria.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo