DestaqueEleições 2022

ELEIÇÕES 2022. Partido de Moro e Lasier tem sua 1ª convenção no Estado, com a adesão de deputado

Pré-candidato presidencial do Podemos estará no evento, com outras lideranças

Partido ambicioso eleitoralmente no Rio Grande do Sul. Uma das pretensões é reeleger o senador Lasier Martins (Foto Reprodução)

Por Flavia Lima Moreira / Da Assessoria de Imprensa

Mais de mil filiados são esperados para a primeira convenção estadual do Podemos no Rio Grande do Sul no sábado (4) no teatro do Bourbon Country em Porto Alegre, às 9h. Com a presença de líderes nacionais como a presidente Renata Abreu, o ex-ministro Sérgio Moro e o líder no Senado Álvaro Dias, serão escolhidos os membros do Diretório Estadual – 57 titulares e 19 suplentes.

Na oportunidade, ingressarão no partido o deputado federal Maurício Dziedricki, que deixou o PTB, juntamente com apoiadores – como prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. “Estamos registrando uma procura muito grande de gaúchos que estão desencantados com o atual governo e não querem o retrocesso, e acreditam na liderança do ex-ministro Moro”, destacou o presidente Éverton Braz, que será reconduzido ao cargo, junto com o Senador Lasier Martins, que será o primeiro vice-presidente.

O vereador de Caxias do Sul Maurício Marcon também se filiará ao Podemos no mesmo ato.

Para o próximo ano, o Podemos do Rio Grande do Sul espera eleger quatro deputados estaduais e dois federais, além de reeleger o Senador Lasier Martins.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo