DestaqueRegião

JÚLIO DE CASTILHOS. Aprovado repasse de R$ 120 mil para reforma do telhado do Centro Social

Centro Social atende cerca de 80 crianças de famílias de baixa renda

Associação Beneficente Santo Antônio sofre, há tempos, com deterioração de sua estrutura. Foto Divulgação

Por Prefeitura de Júlio de Castilhos

A Câmara de Vereadores de Júlio de Castilhos aprovou o repasse de R$120 mil para a Associação Beneficente Santo Antônio, através da Lei nº. 3.759, de 25 de novembro. O valor será utilizado para a reforma do telhado da instituição, que há muito tempo sofre com deterioração, telhas quebradas e ação de cupins.

Segundo a lei, o prazo máximo para a utilização do valor é de 120 dias a partir da data do repasse do recurso. Além disso, a entidade deverá prestar contas do valor no prazo de até 30 dias após o término do prazo do convênio.

O Centro Social, como é mais conhecido, atende cerca de 80 crianças de famílias de baixa renda, principalmente do Bairro Centro Baixo, onde está localizado. A ex-presidente, voluntária e primeira-dama do município, Marciane Ceolin Dalla Corte, agradeceu à Prefeitura e à Câmara de Vereadores pelo recurso.

“Estou muito contente com a aprovação por unanimidade da Câmara de Vereadores para esse projeto tão importante que é a reforma do telhado do Centro Social, onde ainda sou voluntária. Esse é um investimento importante em uma instituição que atende crianças em situação de vulnerabilidade social. O telhado está bem precário e a entidade não teria condições de bancar uma reforma desse porte”, declarou Marciane.

Quem também mostrou-se contente com a aprovação da lei, foi a atual Presidente da entidade, Adriana Rossato, que lembrou do risco que o atual telhado gera para as crianças e que estão ansiosos para dar início a obra.

“Estamos muito gratos pela aprovação e sanção da lei que autoriza o repasse do valor dos R$ 120 mil para a reforma do telhado. Hoje a situação do telhado é bem precária, está bem danificado pela ação do tempo e pelos cupins, o que gera transtornos nos dias de chuva. Outro ponto relevante é que por ser uma obra de grande porte, a instituição sozinha, sem o suporte do poder público, não conseguiria realizá-la”, declarou Adriana.

Clique aqui e veja a Lei n° 3.759.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo