DestaqueSanta Maria

BASTIDORES. Um projeto para doulas em hospitais, contratação de dentistas, Sedufsm e publicitário

Ideia é permitir as profissionais que atuam junto de gestantes e parturientes

Paulo Ricardo Pedroso e Marina Callegaro, autores da proposta que visa permitir a presença de doulas em hospitais (Foto Divulgação)

Por Maiquel Rosauro

Os vereadores Paulo Ricardo Pedroso (PSB) e Marina Callegaro (PT) protocolaram um projeto de lei que busca permitir a presença de doulas em maternidades, hospitais, casas de parto e demais estabelecimentos de saúde públicos ou contratados pela rede municipal de saúde. Doulas, conforme a proposta, são profissionais escolhidos livremente pelas gestantes e parturientes, que “visem prestar suporte contínuo à gestante”, com certificação ocupacional em curso para essa finalidade.

“Quando o trabalho de parto se inicia, a doula permanece continuamente ao lado da parturiente, encorajando-a e tranquilizando-a, oferecendo palavras de reafirmação e apoio. Nesse período, a doula poderá oferecer medidas de conforto físico por meio de massagens, relaxamentos, técnicas de respiração, banhos e sugestão de posições e movimentações que auxiliem o progresso do trabalho de parto e diminuição da dor e desconforto”, diz a Justificativa do projeto.

Confira a proposta na íntegra (AQUI).

Contratação emergencial

A Prefeitura de Santa Maria pretende contratar, de forma emergencial, quatro dentistas e um atendente de consultório dentário. O contrato, conforme projeto de lei publicado nesta terça-feira (25), será de, no máximo, 360 dias.

Acesse a íntegra da proposta (AQUI).

Sedufsm

A Seção Sindical dos Docentes da UFSM (Sedufsm) está contratando profissional da área de Publicidade e Propaganda, para carga horária de 40 horas semanais. Interessados deverão se candidatar até as 17h do dia 31 de janeiro.

Para saber mais, confira o edital de seleção (AQUI).

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo