DestaqueSanta Maria

CIDADE. Mães da Associação das Vítimas da Tragédia divulgam carta em apoio à irmã Lourdes

“A presença da Irmã Lourdes representa a calmaria para as nossas dores”

Irmã Lourdes Dill deixará Santa Maria no início de abril rumo ao Maranhão. Foto Maiquel Rosauro / Arquivo

Por Maiquel Rosauro

As Mães da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM) divulgaram, nesta sexta-feira (14), uma carta aberta em apoio à permanência da irmã Lourdes Dill, 70 anos, no município.

“A presença da Irmã Lourdes representa a calmaria para as nossas dores. O seu sorriso tranquilo e amoroso, nos trouxe esperanças de dias melhores e a certeza da presença de Deus. O amor que ela traz é eclético e abrangente. Não existe religião. Existe Fé no Criador”, diz trecho da carta.

Em dezembro, a Arquidiocese de Santa Maria anunciou que a irmã Lourdes deixará Santa Maria após 35 anos de atuação no município. Seu destino será a Diocese de Grajaú, no Maranhão. Ela atuará na cidade de Barra do Corda.

A despedida da religiosa está marcada para o dia 2 de abril. O grupo de Mães da AVTSM, no entanto, questiona o motivo do afastamento da religiosa que sempre esteve ao lado dos sobreviventes da tragédia de 27 de janeiro de 2013.

“E para toda a comunidade de Santa Maria, com gigantesca atuação nos mais variados segmentos, principalmente valorizando o homem do campo e a economia solidária, ficará o vazio constrangedor da pergunta: por que desse afastamento? Por que dessa transferência?”, questionam as mães.

Confira a carta na íntegra:

O legado da irmã Lourdes Dill

O que representa a irmã Lourdes Dill para nós, mães da Tenda da Vigília e para a nossa AVTSM?

A irmã Dill representa muito! Representa para nós mães, o acolhimento. O acolhimento de um ser de braços largos e coração gigantesco. Acolhimento de almas destroçadas pela tragédia da perda de nossos filhos.

A presença da Irmã Lourdes representa a calmaria para as nossas dores. O seu sorriso tranquilo e amoroso, nos trouxe esperanças de dias melhores e a certeza da presença de Deus. O amor que ela traz é eclético e abrangente. Não existe religião. Existe Fé no Criador.

O amor dela é incondicional, assim como o nosso pelos nossos filhos. A humanidade da Irmã é de colo de mãe. Colo que muito desfrutamos nos momentos de angústia e dor.

Para a AVTSM ela representa a resistência, nos ensinando a não desistir diante da primeira barreira. Lutar e lutar, acreditar na justiça dos homens e principalmente na Divina. Esteve conosco sempre que solicitada com toda a disposição que lhe é peculiar. Está conosco todos os dias, em pensamento e orações. Isso nos dá a certeza de que trilhamos o caminho certo da busca pela justiça e pela honra da memória de nossos filhos. A AVTSM é imensamente grata por esse aprendizado: o amor vence sempre.

Tanto para nós, mães da Tenda da Vigília, quanto para a AVTSM, a presença da Irmã Lourdes Dill é necessária. Foi um grande pilar também em diversos movimentos sociais da nossa cidade de Santa Maria. Ela é a esperança viva do Criador em nossa caminhada, é a certeza de que nunca estaremos sozinhos e que nossas lutas, por verdade, jamais serão em vão.

E para toda a comunidade de Santa Maria, com gigantesca atuação nos mais variados segmentos, principalmente valorizando o homem do campo e a economia solidária, ficará o vazio constrangedor da pergunta: por que desse afastamento? Por que dessa transferência?

Nós faremos eco a estas perguntas!

#FicaIrmaLourdes

Santa Maria, 14 de Janeiro de 2022.

Mães da Associação dos Familiares de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria (AVTSM)

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo