DestaqueSanta Maria

ESTIAGEM. Prefeitura de Santa Maria adquire reservatórios. Já são 98 pontos de distribuição

Governo Federal reconheceu decreto de situação de emergência do Município

De 1º a 20 de janeiro, já foram entregues 375.620 litros de água para o consumo humano, e outros 55 mil litros destinados à dessedentação animal. Foto Prefeitura / Divulgação

Por Diniana Rubin / Prefeitura de Santa Maria

Os reflexos da estiagem aumentam a cada dia em Santa Maria. Em função disso, a Defesa Civil, em conjunto com o Exército Brasileiro, segue com a entrega de água potável para suprir a necessidade humana e animal em localidades necessitadas. Até esta quinta-feira (20), já são 98 pontos de distribuição para cerca de 152 famílias, totalizando 601 pessoas distribuídas em nove distritos de cinco bairros do Município (lista completa abaixo). O Governo Federal já reconheceu o decreto de situação de emergência emitido pelo Município, e a publicação no Diário Oficial da União deve ocorrer nos próximos dias. 

Com o aumento nos pontos de distribuição de água e para poder atender ainda mais famílias, a Defesa Civil fez a aquisição de novos reservatórios: seis caixas de 2 mil litros de água, nove caixas de 2,5 mil litros, duas caixas de 5 mil litros e uma caixa de 15 mil litros. A entrega das unidades ocorreu nesta quinta-feira (20), na sede da Defesa Civil. Com isso, a Prefeitura já realiza estudo para viabilizar a colocação dos reservatórios em pontos fixos das localidades nos próximos dias.

Interior do Município

Em outra frente, a Secretaria de Desenvolvimento Rural dá continuidade na limpeza de microaçudes e bebedouros e na abertura de novos reservatórios em distritos do Interior. A secretaria já tem 61 inscritos para receber o serviço. Até o momento, já foram feitas 15 vistorias para saber a real situação em cada propriedade rural, com a limpeza de 13 microaçudes.

Os produtores rurais interessados na limpeza de microaçudes ou na construção de novos reservatórios devem fazer a inscrição nas Subprefeituras dos distritos ou na Secretaria de Desenvolvimento Rural, na Avenida Nossa Senhora Medianeira, 141, de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h. A inscrição consiste no preenchimento de uma ficha cadastral. Após, os técnicos farão uma vista técnica às propriedades inscritas. Mais informações também podem ser obtidas pelo telefone (55) 3921-7264.

Distribuição de água

Para amenizar a falta de água, principalmente nas comunidades do Interior do Município, a Defesa Civil de Santa Maria começou a entrega de água potável ainda no início de dezembro do ano passado. Desde 11 de janeiro, um caminhão-pipa do Exército Brasileiro reforça o apoio na entrega de água para que mais famílias sejam atendidas. De 1º a 20 de janeiro, já foram entregues 375.620 litros de água para o consumo humano, e outros 55 mil litros destinados à dessedentação animal. 

Os noves distritos do Interior e os pontos que recebem água são os seguintes: Arroio Grande (10), Arroio do Só (3), Boca do Monte (7), Pains (8), Palma (1), Passo do Verde (24), Santa Flora (9), Santo Antão (5) e São Valentim (14). Já na área urbana, a distribuição de água já ocorre em cinco bairros de Santa Maria: Camobi (10), Campestre do Menino Deus (1), Km 3 (1), Pé de Plátano (1) e Itararé (4).

Pedidos de entrega de água podem ser feitos pelos seguintes contatos:
DEFESA CIVIL MUNICIPAL

– (55) 3222-5192
– (55) 99110-7940 (WhatsApp)

Área urbana

Mesmo sem o risco de faltar água na área urbana de Santa Maria, a Corsan, concessionária que presta o serviço de abastecimento, reforça que deve haver uma conscientização de toda a sociedade. Por isso, a companhia segue com a campanha lançada no início deste mês, “Verão 360º”, que chama a atenção para a utilização da água com consciência e para a preservação do meio ambiente. A seguir, algumas dicas para o uso racional do produto.

Com atitudes simples, você ajuda a evitar a falta de água:
– Não lave o carro com mangueira;
– Use somente a vassoura para limpar a calçada e o quintal;
– Não faça uso de grandes volumes, como em piscinas plásticas;
– Utilize regador para molhar as plantas nos horários de menor incidência de sol;
– Regule válvulas de descarga;
– Fique de olho em vazamentos e torneiras pingando;
– Coloque o máximo de roupas na máquina de lavar a cada lavagem

Fonte: Corsan

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo