DestaqueSegurança

GUARDA MUNICIPAL. Sistema de informatização permite acompanhar ocorrências em tempo real

Sistema entrou em operação em meados de dezembro de 2021

Sistema permite acompanhar as ocorrências em tempo real, fazer relatórios e gerar gráficos estatísticos. Foto João Vilnei / Prefeitura

Por Diniana Rubin / Prefeitura de Santa Maria

A Prefeitura de Santa Maria trabalha para beneficiar ainda mais a área da segurança pública por meio da informatização dos boletins de atendimento realizados pela Guarda Municipal. O sistema de Cadastramento, Atendimento e Despacho, que fica no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp-CAD), desenvolvido pela Secretaria Extraordinária de Inovação e Tecnologia da Informação, permite que os agentes da Guarda Municipal possam acompanhar as ocorrências em tempo real na sala de operação, fazer relatórios, gerar gráficos estatísticos e plotar (localizar por meio de coordenadas) mapas geográficos, por exemplo. O sistema entrou em operação em meados de dezembro de 2021.

O sistema foi desenvolvido pelo analista de sistemas da Prefeitura, Fabrício Viero de Araujo, que atua no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp) e é mantido pela infraestrutura tecnológica da Secretaria Extraordinária de Inovação e Tecnologia da Informação. O objetivo do sistema é oferecer maior controle e agilidade nos atendimentos das ocorrências, que resultará em melhor atendimento à população, bem como planejar ações de prevenção por meio dos dados levantados.

As ligações de denúncias de ocorrências feitas ao 153 ficam concentradas no Ciosp. Com o novo sistema, a partir da chamada recebida, o agente da Guarda Municipal consegue cadastrar local, horário e situação, além de acompanhar o tempo que levará cada atendimento, ou seja, desde o momento em que uma viatura se desloca até o local da ocorrência e finaliza o atendimento. Todas as ocorrências são georreferenciadas, possibilitando a geração de mapas com pontos do local da ocorrência e de pontos para o planejamento de ações da Guarda Municipal, bem como na atuação em conjunto com a Coordenadoria de Trânsito e Mobilidade Urbana e a Brigada Militar.

“Este é mais um momento muito importante para a nossa Guarda Municipal, pois estamos acompanhando o futuro com a informatização dos boletins de atendimento. É um avanço nos trabalhos porque vamos conseguir acompanhar as ocorrências em tempo real, realizar relatórios e gráficos quase que instantaneamente”, conta o superintendente da Guarda Municipal, Santo Cordeiro.

Os agentes da Guarda Municipal que operam o sistema no Ciosp-CAD já receberam capacitação e testaram as funções para deixá-lo mais completo possível. A próxima etapa é que os guardas possam gerar os boletins no local da ocorrência usando tablets.

“O sistema Ciosp-CAD de ocorrências atendidas pelo 153 representa um avanço tecnológico que só foi possível a partir da criação desta plataforma em parceria com Secretaria Extraordinária de Inovação e Tecnologia da Informação junto ao Ciosp. Neste mês, já podemos visualizar os atendimentos em tempo real, possibilitando a coleta de dados e a análise para melhor aplicar os recursos humanos e o serviço da Guarda Municipal. É mais um avanço no serviço prestado à segurança no Município”, ressalta o superintendente do Ciosp, Sandro Nunes.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo