DestaqueSanta Maria

BASTIDORES. Adelar e projetos contra maus-tratos aos animais, piso do magistério e a irmã Lourdes Dill

Vereador Bolinha quer avisos sobre maus-tratos em locais públicos e privados

Adelar Vargas, o Bolinha: a inserção de placas ou cartazes contra o abandono e os maus-tratos aos animais (Foto Câmara/Arquivo

Por Maiquel Rosauro

O vereador Adelar Vargas – Bolinha (MDB) protocolou dois projetos com o mesmo propósito: a inserção de placas ou cartazes contra o abandono e maus-tratos aos animais.

Em 28 de janeiro, o emedebista apresentou um projeto sugestão para instalação das placas em locais públicos, como praças, vias e parques. Nesta sexta-feira (4), ele protocolou um projeto de lei para inserir as mesmas placas em agropecuárias, pet shops e clínicas veterinárias.

O projeto sugestão, como o próprio nome diz, é uma sugestão para o Poder Executivo e não tramita pela Casa. Já o projeto de lei segue todo um rito passando por assessorias do Legislativo, comissões e votação em plenário até a sanção pelo prefeito ou promulgação pelo presidente da Câmara.

Piso

A vereadora Luci Duartes – Tia da Moto (PDT) protocolou um projeto sugestão que declara que o Poder Executivo Municipal adotará o piso salarial nacional para os profissionais do magistério público da educação básica, conforme definido na Lei Federal 11.738/2008.

“A atuação do professor(a), e no presente caso, o municipal, merece ser valorizada e respeitada por nossa sociedade e pelos Poderes instituídos”, diz Luci na Justificativa.

A parlamentar acompanha pessoalmente as negociações entre o Sindicato dos Professores Municipais (Sinprosm) e a Prefeitura. A categoria espera que o Executivo apresente uma proposta de reajuste nas próximas semanas (AQUI).

Irmã Lourdes

O Comitê em Defesa da Economia Solidária encaminhou correspondência ao arcebispo de Santa Maria, Dom Leomar Brustolin, e à Madre Dulce Bach Deves, da Congregação das Filhas do Amor Divino. A entidade solicita audiência para tratar sobre a transferência da irmã Lourdes Dill para o Maranhão.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Tem gente pegando carona nos animais até para vender assinatura de jornal. Vamos iniciar outra campanha, ao inves de assinar periodico doar o valor da assinatura no todo para alguma ONG.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo