DestaqueJornalismoSanta Maria

IMPRENSA. Campanha Muda Solidária abre festividades dos 80 anos da Rádio Imembuí

Aniversário da tradicional emissora será comemorado neste domingo (13)

Quem levar um quilo de alimento não perecível à sede da emissora, nesta sexta-feira (11), receberá uma muda de planta nativa. Foto Divulgação

Por Fabricio Minussi (com informações do jornalista Jean Romero) / Rádio Imembuí

A Rádio Imembui 101.9 FM de Santa Maria completa no próximo domingo (13), oito décadas de rádio difusão. Ao longo dos oitenta anos de atuação, inicialmente transmitindo pela frequência 960 AM, a emissora se consolidou como um canal de informação de credibilidade, e hoje irradia pela frequência 101.9 FM.

Com um time de profissionais devidamente identificados com a nossa comunidade, a Rádio Imembui, a “Pioneira”, é a emissora líder em audiência em Santa Maria no segmento jornalismo e tem como presidente Claudio Ramos Zappe, a superintendência de Alcides Henrique Zappe; a vice-presidência de Johnny Clay Rosa; e chefia de Jornalismo e Programação de Fabricio Minussi.

Campanha Muda Solidária
Para marcar a data, a emissora realiza, nesta sexta-feira (11), a campanha Muda Solidária. Quem for até a sede da emissora na Avenida Governador Walter Jobim, Bairro Patronato – 222, com um quilo de alimento não perecível, receberá, em troca, uma muda de planta nativa.

A iniciativa tem as parcerias da Desinservice, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e Banco de Alimentos. As arrecadações serão destinadas às famílias e instituições carentes da cidade.

Programação especial
Os ouvintes da Rádio Imembuí poderão conferir a partir da zero hora de domingo (13), uma programação especial, alusiva aos 80 anos da emissora. Durante todo o dia, os comunicadores estarão se revezando no microfone, interagindo com a audiência, com atrações especiais. Os ouvintes terão canal aberto para participar pelos telefones (55) 3212-6060 ou (55) 3212-5353 e pelo whatsapp (55) 9 8406-0180.

História da Pioneira
A instalação da Rádio Imembuí ocorreu em 13 de fevereiro de 1942. Na época, havia uma série de alto-falantes instalados na primeira quadra da rua Dr. Bozano, hoje o Calçadão, onde eram anunciadas algumas propagandas. A sede era no 1º andar do prédio situado na esquina da rua Dr. Bozano com a rua do Acampamento, em frente à Praça Saldanha Marinho.

Suas primeiras atividades iniciaram através de um edital publicado no jornal A Razão, no dia 26 de janeiro de 1942. O documento convocava os acionistas para uma reunião às 20 horas do dia 13 de fevereiro do mesmo ano, nas dependências do Clube Caixeral Santamariense.

Neste encontro, os acionistas realizaram a Assembleia Geral de Constituição e elegeram a diretoria, que foi formada pelo Dr. Antônio Olivé Leite (diretor superintendente), Dr. Carlos Brenner (vice-presidente) e pelo advogado e fazendeiro Gracileu Vaz da Silva.

Os primeiros funcionários da emissora foram Edith Rau, Murias Bastos, Pacifico de Assis Berni, Jarbas Begueristain, Mercedes Alencar, Petrônio Cabral, Rodolfo Schwartz, Frederico Germano Kalue, conhecido como Fred Germano, Cezar Asteggiano de Ugalde, Quintino Prol e Ari Faraco.

A sede da emissora foi para uma nova sede, situada no 1º andar do prédio, localizado na esquina da rua Dr. Bozano. A próxima mudança foi para a rua a rua Venâncio Aires. A Rádio Imembuí está, hoje, localizada na avenida Governador Walter Jobim, 222, Bairro Patronato.

Migração para FM
A migração da emissora da frequência 960 AM para a 101.9 FM ocorreu em 30 de maio de 2017. A história da migração da Rádio Imembuí está registrada no livro “Migração no Rádio – No ar, Imembuí FM!”, de autoria do jornalista Tiago Nunes.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo