DestaqueSaúde

COVID. Em uma semana, números gerais estáveis, sem novos óbitos, mas aumento das hospitalizações

Crescem 33% as internações nos últimos sete dias. Mas cai ocupação nas UTIs

A boa notícia é que o número de mortes não aumentou. A má é que, não obstante dados positivos, ainda há aumento de casos confirmados e em maior quantidade que o crescimento do número de curados. Nota-se, de outra parte, de relativa estabilidade quanto aos índices de casos suspeitos, descartados e ativos. Isso tudo, claro, confrontados os dados desta terça-feira, 26, com os de sete dias atrás.

As informações mais recentes estão no Boletim Epidemiológico PUBLICADO no site do município (na imagem acima), na tarde desta terça. Abaixo você os têm, tanto quanto os da semana passada (entre parênteses), para permitir a comparação. A seguir:

Casos confirmados: 58.307 (57.673)

Descartados: 8.386 (8.295)

Casos suspeitos: 836 (827)

Pacientes curados: 53.253 (52.674)

Casos Ativos: 51 (51)

Óbitos: 923(923)

Já em relação às hospitalizações o cenário é um pouco diferente. Noves fora as oscilações diárias, o fato é que, desde a última quarta-feira até esta terça, se constata um crescimento de 33% no número de pacientes totais, o que inclui um criança. Eles passaram de 18 a 24, numa semana.

O quadro é melhor, porém, quando se fala em ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Conforme a mais recente atualização (na imagem abaixo), até o fechamento desta nota, do site  da Secretaria Estadual de Saúde, às 10 e 13 da noite, e ainda que inclua a criança, a redução é pela metade. Eram 8 pacientes, são 4 agora – 3 casos confirmados e um suspeito.
Para fechar, o leitor confere como está a situação, por hospital de Santa Maria, na noite desta terça-feira: Hospital de Caridade (16 pacientes, com 3, inclusive uma criança, em UTI), Universitário (um) e Hospital Regional (7, um em UTI).

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo