DestaqueRegião

REGIÃO. Na Marcha da Quarta Colônia, presidente da AL defende igualdade na duplicação da RSC 287

Vereadores de 11 municípios estão na capital em audiências até quinta-feira

Na Assembleia, deputados, entre eles os santa-marienses Valdeci e Roberto Fantinel, receberam os vereadores (Foto Divulgação)

Distribuído pela Assessoria de Imprensa do Deputado Valdeci Oliveira

“A luta de vocês é também a nossa luta. Eu ainda não desisti para que se possa começar a duplicação da RSC-287 também por Santa Maria e não somente por Tabaí”, afirmou o presidente do Parlamento gaúcho, deputado Valdeci Oliveira (PT), durante a abertura da 16ª edição da Marcha do Poder Legislativo da Quarta Colônia, colegiado formado por vereadores e vereadoras de onze municípios do Centro do estado (Agudo, Dona Francisca, Faxinal do Soturno, Formigueiro, Ivorá, Nova Palma, Paraíso do Sul, Pinhal Grande, Restinga Seca, São João do Polêsine e Silveira Martins).

O encontro se estenderá até a próxima quinta-feira (26) e incluirá audiências junto ao governo estadual em secretarias como a de Agricultura, Obras, Habitação, Educação e Turismo, entre outras. Após Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Garibaldi, essa parte da a região Central do RS foi a escolhida para abrigar o quarto assentamento de imigrantes italianos no RS.

“Todos queremos a duplicação e as melhorias na rodovia, mas também queremos ver, viver e usufruir dessa obra o quanto antes, pois do jeito que está programada, uma criança que nascer hoje em Santa Maria ou nas cidades que vocês representam vai completar 18 anos, tirar carteira de motorista, dirigir um carro, pagar tarifa e não terá visto a duplicação pronta”, criticou Valdeci, lembrando que a previsão do término da obra será daqui a duas décadas, sendo que o início se dará a partir da Região Metropolitana da Capital, mas com a população local pagando pedágio, que começará em setembro próximo.

Na avaliação do presidente do Parlamento, os legisladores presentes à atividade também desejam o mesmo, “pois como eu conhecem cada pé de árvore ao longo do trajeto de tanto que vêm a Porto Alegre. Por isso, precisamos, no mínimo, garantir que daqui a cinco ou seis anos a duplicação também comece por Santa Maria”, defendeu Valdeci.

Além do apoio para a realização do encontro, o presidente do Legislativo estadual também colocou a presidência da Casa à disposição das Câmaras Municipais ali representadas no que diz respeito às demandas das respectivas populações.

“Desde a primeira Marcha nós acompanhamos as movimentações e articulações feitas por vocês. Comecei como vereador ainda no século passado”, lembrou Valdeci, que ainda fez uma defesa enfática da atividade dos parlamentos nas esferas municipal, estadual e federal. “Não podemos aceitar a criminalização da política. Temos também essa tarefa, de valorizar o Parlamento, pois isso fortalece a democracia. E nada é mais importante para uma sociedade que a participação popular”, avaliou o presidente da ALRS.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo