Creia: Câmara quer aumentar número de CCs

Primeiro, o número de estagiários chega a 37. Segundo (ou será primeiro?), a quantidade de ocupantes de Cargos de Confiança ultrapassa as nove dezenas. Terceiro, o vereador Ovídio Mayer protocola projeto de lei visando a contratação, através de concurso, de mais funcionários efetivos – sem dizer se isso significa a redução ou não do número de CCs.

Quer dizer, imaginava-se que a Câmara de Vereadores de Santa Maria – sim, é dela que estou falando – estava propensa a, pelo menos, debater a possibilidade de racionalizar seus custos e, queeeem sabe, profissionalizar administração. Ledo engano.

Eis que, de posse do Boletim Legislativo 28/2006, datado de hoje, fica-se sabendo que a Mesa Diretora protocolou o “projeto de lei 6771/2006”. E o que o dito propõe? Hein? Isso mesmo: “institui o Centro de Processamento de Dados da Câmara de Vereadores e cria o Cargo em Comissão ou Função Gratificada de Coordenador do CPD e dá outras providências”

Geeeente!!! Pergunta número 1: é mesmo necessário este tal de CPD? Ele já não existe? Pergunta número 2: em sendo necessário o CPD, há a necessidade de uma nova FG ou CC?

Palpite: o projeto será aprovado. Palpite 2: será nomeado não um FG (funcionário do quadro) mas um CC (alheio à Câmara, com custo maior). Palpite 3: trata-se de mais um cargo a entrar nas negociações para a renovação da Mesa Diretora, em dezembro.

E depois os vereadores não querem ser criticados. Pode?!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *