Arquivo

Câmara. Projeto anti-nepotismo volta à baila

Haverá, de novo, muita discussão. E até, quem sabe, algum bate-boca. Mas, de qualquer forma, pelo menos se for cumprido o que está na pauta prevista pelo Boletim Legislativo 040/2006, distribuído à imprensa na tarde de ontem, a sessão plenária da Câmara de Vereadores tem como principal ponto de debate, nesta quinta-feira, o projeto anti-nepotismo.

Prevê o BL, como terceiro ponto de pauta, a primeira discussão e votação do “Projeto de Lei Nº 6755, dos vereadores Tubias Calil e João Carlos Maciel, que Regulamenta o Art. 28 da Lei Orgânica Municipal, veda a prática de nepotismo em todos os níveis da administração pública municipal direta e indireta dos Poderes Executivo e Legislativo”.

Como foi retirado recurso que pretendia derrubar o parecer favorável à normal tramitação, aprovado na Comissão de Constituição, Justiça, Ética e Decoro Parlamentar, só há (salvo melhor juízo) uma maneira de a proposta não ser discutida e votada a partir de hoje: a desistência dos autores. Ou algum tipo de acordo que, neste momento, não é possível vislumbrar.

Ainda nesta madrugada (na verdade, dentro de no máximo meia hora), pretendo postar, aqui, a atualização de uma notícia já publicada na tarde desta quarta-feira, com destaque para o que a Procuradoria da Casa pretende fazer (e já está fazendo) e, também, a carta de um internauta. Aguarde.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo