Arquivo

Economia solidária (31). Mistura de culturas, uma das marcas da feira encerrada neste domingo

Confira a reportagem de Tiago Medeiros, da assessoria de imprensa da 4ª Feira de Economia Solidária do Mercosul e da 15ª Feira Estadual do Cooperativismo, com Laura Piffero, da assessoria de Imprensa da prefeitura:

 

“Do México, da Argentina do Uruguai e de todo o Brasil. Esse é o cenário da Feira da Economia Solidária, pessoas de todos os cantos, num misto cultura e falas, trouxeram para Santa Maria a diversidade dos povos. A Feira encerrou neste domingo e ocorre no Centro de Referência de Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter, na Rua Heitor Campos, bairro Medianeira.

Buscar exemplos, levar projetos e representar grupos. Com esses objetivos é que estrangeiros vieram até a Feira. Eduardo Rojo, diretor executivo do Comércio Justo no México, veio pela primeira vez no evento. “É um dos melhores exemplos que podemos ter sobre Economia Solidária, posso dividir, praticar e fazer acordos”, comemora ele.

O mineiro Giliarde de Souza veio de Jaíba (MG) buscar alternativas para trabalhar como um grupo de pequenos agricultores do norte do seu Estado e aproveitou para trocar idéias com a argentina Melissa Álvares. “A Feira me proporciona essa troca, é maravilhoso, vou levar tudo que aprendi “, diz ele que trabalha na Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares de Minas Gerais. Já Melissa faz parte de uma Organização Não Governamental de Economia Agro-ecológica. “Vim para conhecer tudo, é impressionante o que podemos aprender aqui”, analisa ela.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo