Arquivo

RST-287. Calamidade da rodovia que liga Santa Maria a Paraíso pode ser debatida na Assembléia

Não passa um dia em que, em qualquer das emissoras de rádio de Santa Maria e mesmo nos jornais, não apareça alguém para reclamar das horrorosas condições da rodovia estadual que liga Santa Maria a São Pedro do Sul. São 60 e poucos quilômetros de calamidade.

 

Aqui mesmo, neste (nem sempre) humilde sítio de internet, o assunto já foi focalizado em artigo pelo leitor Luiz Pohlmann (releia aqui), no último dia 10 e, depois, reproduzido também no Diário de Santa Maria. Pois, agora, é o deputado Fabiano Pereira que entra no assunto, como você pode verificar no texto abaixo, enviado por sua assessoria, aos veículos de comunicação.

 

“Fabiano pede providências do Estado para melhorias na estrada RSC 287

 

O deputado Fabiano Pereira (PT) solicitará a realização de uma audiência pública na Comissão de Serviços Públicos da Assembléia visando o encaminhamento urgente de melhorias na RSC-287, no trecho entre Santa Maria e Paraíso do Sul.

 

Ainda nesta segunda-feira (21),  Fabiano encaminhará ofício ao DAER detalhando a precariedade da estrada, os buracos e falhas no asfaltamento e na sinalização bem como irregularidades no acostamento.

 

“Além do risco inerente aos motoristas que trafegam no trecho, é importante acrescentar o aspecto econômico e os prejuízos causados àqueles que necessitam utilizar a RSC-287, importante via de acesso da Região Central à capital e Região Metropolitana. O governo deve estabelecer novos critérios para a recuperação de algumas estradas onde, está comprovado, que a Operação Tapa-Buracos não resolve, como é o caso da 287”, ponderou Fabiano.

 

O requerimento de audiência pública será votado em 7 de agosto, na primeira sessão deliberativa da Comissão de Serviços Públicos após o recesso parlamentar.”

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo