Arquivo

Não custa lembrar. E não é que o Tarso, e também o Ananias, perderam mesmo o bonde?!

Confira a seguir trecho de nota que publiquei na madrugada de 27 de fevereiro de 2008, uma quarta-feira:

“Eleições 2010. Tarso pega o bonde atrasado. O que não significa que perderá o compromisso

Muito interessante a avaliação feita por Valdo Cruz, da Folha de São Paulo, na coluna “Pensata”, que assina na versão de internet do jornalão paulista. Ele trata dos nomes petistas da preferência do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, para sua própria sucessão. Há, no trio, dois gaúchos. Um deles, nato, Tarso Genro. Outra, aquerenciada, Dilma Rousseff. Vale a pena ler. Depois, lá no final, o meu comentário. Confira:

 

“Três nomes, três âncoras

 

O presidente Lula tem hoje três presidenciáveis no PT. Cada um com sua âncora, que tanto pode sustentar como afundar suas pretensões de ser o escolhido como candidato em 2010. São eles: Tarso Genro e seu Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania; Dilma Rousseff e o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e Patrus Ananias e o Bolsa Família. Dos três, o ministro da Justiça talvez seja aquele com a missão mais espinhosa pela frente. Segurança pública, não é de hoje, tem se revelado um calcanhar de aquiles de todos os presidentes na história recente do país. Área sempre apontada pelos brasileiros como um dos maiores dramas nacionais. Com razões de sobra…”

 

Para reler a íntegra da nota, e o comentário aludido, clique aqui.

 

PASSADO EXATAMENTE UM ANO, o título desta nota, agora, parece óbvio. Sim, Tarso Genro e Patrus Ananias (na foto de Antônio Cruz, da Agência Brasil) eram potenciais candidatos à Presidência da República. E até tentaram se viabilizar. Porém, Lula, que é o avalista, para não dizer patrocinador único, decidiu que Dilma Rousseff será a candidata em 2010. E ponto. Acabou.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo