ColunaObservatórioPartidos

COLUNA OBSERVATÓRIO. “Siglas menores condenadas a ser só coadjuvantes em 2010”

Justiça se faça ao PSOL e a sua candidata a deputada, Sandra Feltrin. Pelo menos, concorde-se ou não, fazem barulho. E debatem. Trazem até o ex-petista Plínio de Arruda Sampaio para bater um papo com a militância (e quem mais quiser) na quarta, dia 21. E também é só. Todos os outros, que não sejam PMDB, PT, PP e PSDB (este graças a um único sobrenome, Pozzobom) simplesmente estão encolhidos para o episódio eleitoral de 2010. Ou até sumidos. Há os que aparentam, inclusive, ter morrido.

Analisando com muuuita (ou, vá lá, alguuuma) boa vontade, é possível afirmar que DEM, PSB, PC do B, PR, PTB, PSTU, PPS, o outrora grande PDT, todos eles e mais alguns que o colunista eventualmente esqueceu estão condenados à coadjuvância política em Santa Maria no próximo ano e, muito provavelmente, em 2012.

Mesmo que apresentem candidato a deputado, não se encontra um só vivente capaz de apostar um tostão furado na viabilidade de qualquer deles. Gostem ou não, é esse o cenário, lamentavelmente. Até prova em contrário – algo invisível no futuro próximo.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

3 Comentários

  1. Ildo, aprendemos sempre com a vida. A vida política nós orienta sempre para quando estivermos no chamado poder, saber dividir as coisas boas e ruins.Penso que a relação que o P.T. do passado, desculpe o termo passado, mas acho que o P.T. está mais “moderno”, tinha com seus aliados não foi a mais respeitosa e direcionada na perspectiva de ter nas diferenças a possibilidade da igualdade.
    De qualquer modo, te afirmo o seguinte: quero candidatura própria pra o PDT do RS, assim como queria para prefeito.Se não der a candidatura própria que façamos uma unidade em torno de um programa minimo onde se garanta as conquistas dos trabalhadores e avanços a todos que querem viver melhor.Nacionalmente Cristovam Buarque.Pode ser um sonho, mas gosto de sonhos.
    Vamos parar porque podem nos chamar de cumpadres tb hahaha

  2. To contigo Marionaldo, só que tem uns que estão CC aqui na prefeitura comandada pelo Dr. Schirmer que no caso de um concurso……hummmmmm!
    Mas o PDT precisa ser recuperado é um partido importantíssimo por sua história e pelo programa que possui.
    E o PT no caso de aliança com o PDT para governar o estado não pode repetir os erros que foram cometidos com o PDT no governo Olívio, coisa que nos manteve afastados até hoje.

  3. È verdade!!mas os coadjuvantes são importantes para o espaço na t.v. , principalmente. Depois vem a recompensa e tem uns “cargos”” assim, de lambuja para esses. O PDT está assim hoje.
    E pelo jeito vai continuar assim até que um conjunto de pessoas faça um levante contra os mercadores e ventilhões da história do trabalhismo.
    Estou com vergonha , mas crente que é possível ainda mudar..pode levar anos, mas o PDT voltará a ser dos homens sérios e honestos, que não se entegam por empregos na prefeitura.
    Alias, esses que não tem trabalho e sobrevivem só sendo CC, o Lula está fazendo algo importante: abrindo vagas em todo País..só que tem que fazer CONCURSO e esse talvez seja o problema né?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo