MAU TEMPO. Chuva inundou alguns bairros e vilas e deixou famílias desalojadas em Santa Maria

MAU TEMPO. Chuva inundou alguns bairros e vilas e deixou famílias desalojadas em Santa Maria - Schirmer-16.01.10

Prefeito Schirmer foi olhar de perto os estragos causados pela chuva

Mais uma onda de chuva forte, acompanhada de vento,  atingiu  Santa Maria no sábado (16), por volta do meio-dia. Novamente, a população sofreu as consequências; o saldo foram bairros e vilas embaixo d’água e inúmeras famílias desalojadas. Assim que soube dos estragos, o prefeito Cezar Schirmer, acompanhado de técnicos da Defesa Civil do município e do chefe de Gabinete, Giovani Mânica, foi verificar de perto várias áreas, entre as quais, o Cerro Azul, Vila Lídia, Vila Oliveira, Madre Paulina, Carolina, Renascença, Alto da Boa Vista e Salgado Filho.

Com água pelos tornozelos, o prefeito acompanhou a remoção de uma família da Vila Renascença, que foi conduzida para uma escola da comunidade. Já na Vila Carolina, em consequência do desmoronamento da encosta do Cadena, várias famílias foram removidas para o Ginásio do Guarani Atlântico. Estas famílias ocupavam área considerada de risco.

Para atender as necessidades dos desabrigados e desalojados, o prefeito determinou a compra emergencial de lonas, que já estão sendo distribuídas para pessoas que tiveram suas casas destelhadas e, também, para contenção de encosta de sangas, arroios e riachos. Também estão sendo distribuídos alimentos e roupas para os atingidos.

A Prefeitura já tem cadastradas 23 famílias desabrigadas, que foram levadas para o Ginásio do Guarani Atlântico, na Salgado Filho . Outras 121 famílias atingidas preferiram se abrigar em casas de parentes.

Após a visita as áreas atingidas, o prefeito se reuniu com representantes da Defesa Civil, da secretaria de Infraestrutura, chefe de Gabinete, além de outras secretarias de município e determinou as seguintes medidas:

– Imediata remoção das famílias das áreas de risco e transferência das mesmas para ginásios municipais;

– Aquisição emergencial de lonas para contenção de encostas e arroios, e para pessoas que tiveram suas casas atingidas;

– As famílias serão assistidas com alimentos, roupas e local para alojamento, quando necessário;

–  As pessoas que tiveram perda total da residência foram cadastradas e terão prioridade nos programas habitacionais da Prefeitura.

Com informações da Superintendência de Comunicação Social da Prefeitura de Santa Maria. A foto é de Felipe Pires.



0 comentários

  1. jonaspereira

    Sim a Prefeitura tem que tomar uma atitude “falar com São Pedro” para parar a chuva. Pobre Prefeito até isto os perdedores querem contabilizar como culpa do governo. Me poupe companheiro!

  2. luiz

    queremos lembra aos nobres comunicadores da prefeitura que junto com a prefeitura defesa civil pessoas representativa da zona norte ,junto com representantes de igrejas e comissões tambem participarão da ajuda as familias no resgate e trabalho auciliando com alimentação e muitas roupas que foram doadas pela comunidade,queremos agradecer toda aquelas pessoas que senzabilizaram-se e contribuiram num momento como este de apoio e união obrigado a todas a estas forças que suberam se uni em prol dos que precisam mas tambem queremos dizer que imediatamente tem que ser resolvido a cituação de moradia destas pessoas esquesemos o passado e vivamos o presente se eo presente esta a nossa frente e e em nossa mente um grande abraço a todos .

  3. luiz

    @jonaspereira
    meu caro jones este momento n é hum momento de se falar de vitoriosos ou terrotados e sim de pratica e lhe falo isto porque assim como tu eu tambem sou um um vitorioso como tu mas no momento estamos falando de pessoas vidas contabilize isto que com certeza todos seremos vitoriosos esqueça quem perdeu e pense quem vai vencer não podemos agir como se nada aconteceu ou deixou de acontecer e saiba que nos zona norte vivemos como familia idependente de quem ganho ou perdeu é assim que vivemos com nossas diferenças e não só atacando se vc tivesse ido la teria visto junto muito daqueles que foram adeversario junto ajudando de uma maneira ou otra e ninquem tava pensando em derrotado e sim pensando como ajudar aquelas pessoas pois todos assima de tudo são ceres humanos .

  4. JOÃO ROCHA

    acho que a prefeitura deve adotar uma medida drástica e proibir ocupaçãoe s em áreas de risco e também agilizar o projeto do pac 3 estas famílias da zona norte estão esparando para serem transferidas para um local digno já se passaram 1 ano e até agora ninguém da prefeitura foi até a estes moradores para dar uma noticia ou esperança de quando irão para o referido loteamento. tá faltando CC (CONHECIMENTO E COMPETÊNCIA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *