NÃO CUSTA LEMBRAR. O começo do processo que acabaria com a escolha direta dos subprefeitos

Confira a seguir trecho de nota que publiquei na manhã de 3 de junho de 2009, uma quarta-feira:

Subprefeitos. Prefeitura encaminha consulta nos distritos. Mobilização é semi-nula no interior

São cerca de 8 mil eleitores em condições de participar da consulta que a prefeitura fará para saber a opinião da população distrital acerca da escolha direta (ou por nomeação do prefeito) dos subprefeitos. O evento está marcado para o dia 21 mas, segundo as fontes deste (nem sempre) humilde sítio, a mobilização no interior da boca do monte é pouco mais que nula. Tanto pró quanto contra a eleição direta para subs.

Em todo caso, com uma comissão eleitoral já formada, a prefeitura dá início ao processo, como conta reportagem da assessoria de comunicação do Executivo. A seguir, um trecho do material publicado no sítio oficial da administração:

Prefeitura vai ouvir a populaçãodos distritos sobre a indicação de subprefeitos…

…A Consulta Popular será realizada nos distritos, no dia 21 de junho, das 8h às 12h. A população será ouvida através do voto direto, facultativo e secreto. Somente poderão votar os cerca de 8 mil eleitores- cadastrados nos distritos-, conforme relação previamente fornecida pelo…”

PARA LER A ÍNTEGRA, inclusive o restante da notícia que a originou, CLIQUE AQUI     

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, como se sabe, o plebiscito acabaria determinando o fim do processo de escolha dos subprefeitos distritais.Só o que não mudou, aparentemente, é a situação das comunas rurais: seguem desatendidas adequadamente.

SIGA O SITÍO NO TWITTER



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *