CampanhaEleições 2010

ELEIÇÕES 2010. Arthur Virgílio já quis “surrar” Lula. Agora, corre o sério risco de levar uma “sova”

O senador Arthur Virgílio Neto se notabilizou, em todo o seu mandato, por ser a voz mais elevada, no sentido de alta, contra o governo Lula, no Senado. Um verdadeiro gritalhão – à semelhança de um parlamentar local, oposicionista no governo anterior. No meio do caminho, disputou a eleição para Governador, no Amazonas. Obteve 2% dos votos.

Agora, quando tenta renovar seu mandato no Senado, Virgílio enfrenta a força da popularidade daquele que atacou – e a quem, até, certa vez, prometeu “surrar”. Pois bem, neste momento, corre o risco sério de “apanhar”. Nas urnas, bem entendido. É o que começam a indicar as pesquisas de intenção de voto, como mostra material publicado no jornal O Globo. A reportagem é de Paula Litaiff, reproduzida no blogue de Ricardo Noblat. Acompanhe:

Virgílio pode não voltar ao Senado

Pesquisa do Ibope – realizada de forma estimulada, citando o nome dos candidatos – divulgada segunda-feira pela TV Amazonas, afiliada da Rede Globo, mostrou que, na disputa por uma das duas vagas do Senado, Virgílio está com 34% das intenções de votos, contra 39% da deputada federal Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM) e 80% do ex-governador Eduardo Braga (PMDB).

Braga e Vanessa são aliados do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Apesar de o PT ter uma candidata ao Senado, Marilene Corrêa, os esforços do PT nacional estão concentrados na campanha de Vanessa, principal concorrente de Virgílio.

O senador tem sofrido também com a rejeição do candidato do PSDB a presidente, José Serra (PSDB), apontada pelas pesquisas.

O esforço para tirar o senador tucano é tanto que, ontem, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva gravou um vídeo pedindo votos para Vanessa, e falando sobre a importância de se ter um aliado do presidente da República na Casa…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo