AssembleiaCidadaniaMinistério Público

ALBERGUES MUNICIPAIS. Chicão vai ao Ministério Público, em busca de informações

O Governo do Estado apresentou um projeto, ainda não votado, que cria as “Casas da Solidariedade”. O deputado Chicão Gorski (PP) tem outra ideia: os albergues municipais. É sobre eles que o parlamentar, como informa sua assessoria, tratou no Ministério Público Estadual, ontem. O texto é de Daniela Bordinhão. Confira:

Chicão visita o Ministério Público Estadual para tratar de albergues municipais

O Deputado Chicão visitou na tarde desta quarta-feira, o coordenador da Procuradoria de Prefeitos do Ministério Público Estadual, Luiz Inácio Vigil Neto, para tratar da questão das casas de passagem públicas municipais. O parlamentar é autor do projeto de lei  22/2011 que propõe a criação e manutenção de casas de passagem públicas em cidades-polo no Rio Grande do Sul.  Sobre o tema há outro projeto em tramitação na Assembleia Legislaitva, encaminhado pelo Executivo, que institui o “Programa Casas da Solidariedade”, com a finalidade de fornecer os meios de hospedagem aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

A proposta do parlamentar visa o atendimento ao cidadão que necessite tratamento médico-hospitalar, ou de realização de exames médicos fora de seu domicílio ou residência permanente. O texto legal determina que o Estado dê prioridade para a realização de convênios com os municípios que já realizem esse trabalho e estendendo o direito de hospedagem a um acompanhante, quando o tratamento médico assim o exigir. O projeto prevê ainda que as leis de diretrizes orçamentárias contenham dispositivo que contemple a alocação de recursos nas respectivas leis orçamentárias anuais destinados a manutenção ou instituição das casas de passagem.

Por sugestão do coordenador da Procuradoria, o deputado Chicão vai se encontrar também com a Promotoria de Direitos Humanos, o Centro de Apoio Civil e Patrimônio Público e o Gabinete Eleitoral, todos órgãos do MP, para detalhamentos e sugestões quanto à legalidade do seu projeto.”

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Chicão tem que vir a SM onde a prefeitura paga mais caro para albergar que para hospedar… paga 33 pilas de albergue e no mesmo local se paga 10 ou 15 pilas de diária de hotel… no mesmo endereço…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo