PartidosPolítica

CADÊ O RUMO? Oposição a Dilma ainda tastaveia. E partidos maiores estão divididos

Este sítio não cansa de reclamar da virtual inexistência de oposição em Santa Maria. Sem ela, não há debate político. Na Câmara, para ficar no palco mais notório, contam-se nos dedos de uma só mão as manifestações capazes de fazer o sempre necessário contraponto democrático.

O diabo é que isso começa a se reproduzir em outros níveis. No Estado, por exemplo, PMDB e PSDB estão mais privilegiando o grito ao argumento. Isso, mais se tem esperança do que pensamento, deverá mudar ao longo do tempo. E em Brasília? Lá, a coisa está ainda mais mal-parada, para quem gosta do debate.

A oposição, afora minoritária, por decisão soberana das urnas, se pega em brigas internas. Quem conta como estão as coisas, hoje, e com tendência a piorar, é o jornal O Globo, em material reproduzido pelo jornalista Ricardo Noblat. A reportagem é de Adriana Vasconcelos.

Dividida, oposição busca rumo para reagir ao governo

Desnorteada com a terceira derrota consecutiva para o PT na disputa presidencial, a oposição vive um de seus momentos mais críticos. Divididos e sem estratégia para se contrapor à presidente Dilma Rousseff, PSDB, DEM e PPS lutam pela sobrevivência, já que a criação do PSD abriu a janela para oposicionistas que andavam loucos para aderir ao governo.

O DEM perdeu para a nova legenda 11 deputados federais, a senadora Kátia Abreu (TO), o vice-governador de São Paulo, Afif Domingos, e o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab. O novo presidente do partido, senador José Agripino (RN), diz que as perdas não o assustam: – Vamos sobreviver. Muitas defecções se devem a uma indução governista, ao canto da sereia do Palácio do Planalto.

O líder do DEM no Senado, Demóstenes Torres (GO), pondera que a oposição não pode perder de vista os 44 milhões de eleitores que apoiaram o candidato José Serra. Mas lamenta os rachas no DEM e no PSDB: – Esse bate cabeça no PSDB atrapalha na definição do rumo. No DEM, a coisa se resolveu pelo pior caminho…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. O Aécio Neves anda tastaveando tanto que nem quis usar o bafometro!Hehehehehehehehehe
    A Yeda tastaveou e Pozzobom “botou” valendo na convenção!
    O Seixas tastaveou e caiu do Rochedo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo