REFORMA POLÍTICA. Assembleia é sede de debate com integrantes da Comissão da Câmara dos Deputados

REFORMA POLÍTICA. Assembleia é sede de debate com integrantes da Comissão da Câmara dos Deputados - assembleia

Adão Villaverde, presidente da AL: debates sobre grandes temas

O editor deste sítio, com exceção do fim das alianças proporcionais e quem sabe um ou outro ponto (a criação da “janela da infidelidade”, por exemplo), mantém seu ceticismo acerca da aprovação de uma reforma política digna deste nome, no Congresso.

Isso não quer dizer, no entanto, que o tema não seja o grande assunto político do País, neste momento. É. E tem sido pra lá de debatido, reconheça-se. Tanto que, no programa “Destinos e Ações para o Rio Grande”, se tratará do assunto, inclusive com audiências públicas no interior gaúcho.

Mais: a abertura dessa ampla discussão se dá em debate conjunto com deputados federais, nesta segunda-feira. Como e o que se fará, você fica sabendo através de material produzido e distribuído pela Agência de Notícias do parlamento gaúcho. A reportagem é de Antonio Oliveira, com foto de Marco Couto. Acompanhe:

Grande debate sobre Reforma Política acontece nesta segunda-feira, na Assembleia

Reforma política será o tema do Grande Debate, dentro do programa Destinos e Ações para o Rio Grande, nesta segunda-feira (9), a partir das 9h30, no plenário da Assembleia Legislativa (ALRS), com a participação do presidente da Câmara dos Deputados, deputado Marco Maia (PT) e do presidente e do relator da Comissão Especial de Reforma Política da Câmara, deputados Almeida Lima (PMDB-SE) e Henrique Fontana (PT), respectivamente. Também confirmaram presença os deputados integrantes da Comissão Alceu Moreira (PMDB) e José Otávio Germano (PP), este, suplente da comissão, e Manuela D`Ávila (PCdoB). O programa Destinos e Ações para o Rio Grande é uma parceria entre a ALRS e a Câmara dos Deputados e terá, durante o ano, seis audiências públicas nas nove regiões funcionais dos Coredes.

O presidente da Câmara, Marco Maia, disse que “a reforma política nos pede a mesma responsabilidade, o mesmo discernimento e a mesma vontade que dedicamos à elaboração das leis que deram suporte aos avanços obtidos nas áreas econômica e social nos últimos anos. São inúmeras as questões relevantes tratadas na Câmara, mas o desenho das instituições pelas quais a sociedade toma suas decisões coletivas, que é a questão de fundo de toda reforma política, constitui provavelmente o maior desafio de qualquer nação. Nós, os representantes do povo, carregamos a imensa responsabilidade de encontrar o denominador comum entre as concepções presentes na sociedade brasileira sobre as mais diversas matérias…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *