EconomiaEconomia SolidáriaMulher

ECONOMIA SOLIDÁRIA (9). Seminário discute a economia sob uma perspectiva feminista

Economia Feminista em discussão em Santa Maria

POR Maiquel Rosauro (texto e foto)

A quinta-feira iniciou com muita discussão no Centro Mariano, em Santa Maria. Cerca de 50 pessoas participam do “Seminário Nacional de Economia Solidária e Economia Feminista”. O evento faz parte da programação do 7ª Feira de Economia Solidária do Mercosul e 18ª Feira Estadual do Cooperativismo (Feicoop), que iniciam oficialmente amanhã e seguem até domingo no Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter.

Helena: economia mais igual entre homens e mulheres

O seminário que discute a Economia Feminista é organizado pela Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) Guayí, Brasil Local e SENAES/MTE. A Guayí possui 31 agentes em nove estados brasileiros. A coordenadora da Guayí, Helena Bonumá, explica que o objetivo da entidade é conquistar uma economia mais igualitária entre homens e mulheres, além da inclusão da solidariedade nas relações e nas estruturas econômicas.

– Neste seminário, estamos realizando uma avaliação do projeto e a continuidade de alguns trabalhos. Também estamos avaliando propostas para políticas públicas de economia solidária – afirmou Helena.

O seminário no Centro Mariano será concluído amanhã. 

A partir desta sexta, as atenções passam a se concentrar no Centro de Referência em Economia Solidária Dom Ivo Lorscheiter. Além da 7ª Feira de Economia Solidária e 18ª Feicoop, será realizado no local a 10ª Feira Nacional da Economia Solidária; 11ª Mostra da Biodiversidade e Feira de Agricultura Familiar; 7º Seminário Latino Americano de Economia Solidária; 7ª Caminhada Internacional e Ecumênica pela Paz e 7º Levante da Juventude. Os eventos são organizados pelo Projeto Esperança/Cooesperança.

OBSERVAÇÃO: Maiquel Rosauro é da assessoria de imprensa do evento.

 SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo