Claudemir PereiraJornalismo

ESQUINA DEMOCRÁTICA. Se você fosse parlamentar, que faria no recesso de verão?

Garantidas as regras do sítio, de civilidade (a crítica pode ser forte ou não, mas sem ser ofensiva, por favor), você é que decide o assunto, afinal de contas. Ah, e o que está no título é somente uma sugestão. Nada mais.

AQUI NÃO TEM NOTA ALGUMA, SÓ O TEU COMENTÁRIO. APROVEITE!

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

6 Comentários

  1. Tirar merecidas férias,depois de um ano produtivo,e fugir da cidade ou melhor do povo que passa o ano todo chorando e reclamando,enchendo o saco atrapalhando o meu mandato,e ainda tenho que ser simpático para não perder eleitores,prometendo providências para os reclames,mas é uma canseira lidar com o tal de Zé povo nunca estão contentes com nada hehehehe.

  2. Laurindo Lorenzi Filho (PV) :
    Considerando o fato que os problemas da municipalidade não deixam de existir durante o recesso parlamentar;
    Considerando que, como não poderia deixar de ser, o poder executivo não entra em recesso;
    Se eu fosse parlamentar, manteria a estrutura do gabinete em pleno funcionamento, através de vários canais de interação com a sociedade, tais como: internet, telefone, gabinete móvel, etc… De tal modo que poderíamos continuar encaminhando ofícios e requerimentos com as demandas da população para os órgãos competentes.
    A produção legislativa, esta sim, ficaria prejudicada em razão do recesso parlamentar.

    Conversa de candidato. Depois de eleito muda a prosa.
    Férias são férias, é um direito. Pode descansar sem culpa.
    Um bom parlamentar lutaria por diminuir o periodo, faria cumprir horarios,… mas isto só se assistem em campanha

  3. Estaria na praia comendo milho,tomando cervejinha,comendo caju e queijo na brasa as custas do Zé Povinho que quis mais e melhor. OBS: Na praia é onde quase todos estão.

  4. Considerando o fato que os problemas da municipalidade não deixam de existir durante o recesso parlamentar;

    Considerando que, como não poderia deixar de ser, o poder executivo não entra em recesso;

    Se eu fosse parlamentar, manteria a estrutura do gabinete em pleno funcionamento, através de vários canais de interação com a sociedade, tais como: internet, telefone, gabinete móvel, etc… De tal modo que poderíamos continuar encaminhando ofícios e requerimentos com as demandas da população para os órgãos competentes.

    A produção legislativa, esta sim, ficaria prejudicada em razão do recesso parlamentar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo