AssembleiaCâmara de VereadoresJudiciárioPolíticaPrefeituraTransporte

LUNETA ELETRÔNICA. Fim do recesso, Schirmer aos 60, CPI do Arroz, TSE oitentão…

* Acaba neta quinta-feira o recesso de verão da Câmara de Vereadores. E, assim, inicia-se o último período sessional da atual Legislatura.

* Como manda a praxe, na sessão que começa às 3 da tarde, deve se manifestar o prefeito Cezar Schirmer – que, coincidentemente, completa 60 anos neste 23 de fevereiro.

* Schirmer deve, é a presunção claudemiriana, mais que um relatório do que fez, projetar o que pretende realizar no último ano do (primeiro?) mandato.

* Quanto ao festerê pelo “niver”, está programado um jantar. Que, se não será íntimo, não terá uma multidão a comparecer. Será?

* Nesta quinta-feira, no Centro de Eventos de Restinga Seca, acontece audiência pública da CPI do Arroz, da Assembleia Legislativa.

* Entre os temas a ser tratados no encontro, conduzido por Jorge Pozzobom (PSDB), presidente da Comissão, está a apropriação dos produtos descontados à indústria.

* Também constam da pauta: custos da classificação do arroz entregue pelo produtor à indústria, apuração dos descontos efetuados e os efeitos dessa regulação classificatória.

* Quem conta é a coluna PODER_ONLINE, do portal iG: uma comemoração deve acontecer nesta sexta, em Brasília, pelos 80 anos de existência do Tribunal Superior Eleitoral.

* O TSE oitentão relembrará, nesse ano eleitoral, por exemplo, de dois momentos difíceis pelos quais passou, nesse período.

* Um foi em 1937 (era um gurizinho de cinco anos), quando foi extinto por Getúlio Vargas, que havia dado um golpe de Estado.

* O outro foi no regime militar, quando a ditadura simplesmente esvaziou os poderes do TSE. Por razões tão óbvias quanto as de Getúlio, na primeira metade do século passado.

* O Diretório Central dos Estudantes da UFSM pretende, como já se noticiou aqui, chamar o Ministério Público à discussão, no que toca à definição da tarifa do transporte coletivo urbano.

* Não se sabe se o intento será alcançado. No entanto, é possível prever que algum barulho as lideranças estudantis tentarão fazer, a partir do decreto a ser assinado pelo prefeito Cezar Schirmer.

* O palpite claudemiriano, já EXPOSTO na tarde da última segunda-feira, segue de pé: a tarifa deve ir a R$ 2,50, provavelmente valendo a partir da próxima semana.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Mais uma vez o Schirmer descumprirá sua palavra e vai liquidar com a população dando o aumento da tarifa dos ônibus. Muito, mas muito Mal Feito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo