Câmara de VereadoresPolíticaPrefeitura

COMO PODE? Edis que entram sem bater, para fazer pedido, lideram ranking de requerimentos à Prefeitura. E o líder é campeão

Supõe-se que os vereadores do governo tenham mais acesso ao governo. Entram sem bater em qualquer gabinete. Talvez o do prefeito seja mais difícil, mas é bastante improvável que Cezar Schirmer não receba seus aliados no parlamento. Vai daí que fica difícil entender porque sejam justamente os governistas os campeões dos requerimentos pedindo trabalhos específicos da administração municipal.

A menos que queiram se vacinar. Isto é, pedem o serviço, este não é feito e, ao menos, podem apresentar cópia do requerimento ao cidadão que o reivindicou e dizer: “eu pedi, eles não fizeram”. Não é muito solidário com o governo do qual fazem parte, mas ao menos a sua face está salva. É isso. Ou os edis governistas não têm mesmo prestígio algum com quem dá as cartas na gestão da comuna.

Agora, o fato, que permite ao leitor tirar sua própria conclusão.

Depois daquela explosão de requerimentos, constantes da Ordem do Dia da primeira sessão ordinária do ano, nada menos que 49 documentos do tipo constam do Boletim Legislativo 03/2012, referente à sessão desta quinta-feira (AQUI, para quem quiser conferir a íntegra).

Dessa quase meia centena de pedidos mais de 40 têm origem em edil governista. E apenas um, de Manoel Badke (DEM), não é dirigido à prefeitura. No caso, o de número 280, endereçado à Associação de Transportadores Urbanos, pedindo “aumento de ônibus na linha Novo Horizonte-Camobi”.

Para que o leitor (que não quiser conferir o BL) mais apressado, o editor toma a liberdade de reproduzir requerimentos vereadores governistas, deixando claro que o campeão, veja só, é justamente o “líder do governo”, o peemedebista João Carlos Maciel que, sozinho, assinou 19 deles – seguido do tucano Admar Pozzobom, com oito.

Confira e tente entender. O editor não conseguiu:

João Carlos Maciel (PMDB) – Requerimento 253/2012 – Solicita patrolamento e empedramento da Rua da Fonte, no Bairro Itararé, e nivelamento próximo à linha férrea.

Admar Pozzobom (PSDB) – Requerimento 269/2012 – Solicita limpeza de bueiros nas ruas da Vila Renascença.

Manoel Badke (DEM) – Requerimento 280/2012 – Solicita recapeamento do asfalto na Rua Prof. Heitor da Graça Fernandes, em Camobi. (No total, o demista apresentou quatro requerimentos)

Maria de Lourdes Castro – Requerimento 296/2012 -Solicita que seja providenciada tampa em bueiro na Rua Samuel Kruschim, atrás do Cemitério Municipal. (No total, três requerimentos).

No BL 03/2012 também consta um requerimento de Sandra Rebelato (PP), igualmente governista, e outros 14 pedidos feitos por edis da oposição, inclusive (pelo menos na conta do editor) Marion Mortari, do PSD, que apresentou cinco. Os restantes são de Werner Rempel (PPL), dois, e Helen Cabral (PT), sete.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Trabalham pouco, querem ganhar mais e ter um número maior “mamando” no Legislativo Municipal. Que consiga-se o número suficiente de assinturas no abaixo-assinado que circula pela cidade para acabar com a “Farra dos 21” !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo