EducaçãoTrabalho

PARALISAÇÃO. Assembleia da Sedufsm decide aderir ao movimento nacional, quinta

Docentes da UFSM aderem a paralisação

Uma política salarial permanente, com reposição inflacionária, valorização do salário base e incorporação das gratificações. Essa é uma das reivindicações nacionais dos servidores e que serão colocadas na quinta-feira, data em que prevê-se paralisação dos trabalhos em várias instituições federais.

A decisão de parar foi tomada agora à tarde, em assembleia geral convocada pela Seção Sindical dos Docentes da UFSM que, assim, adere ao movimento. Os detalhes chegam através da assessoria de imprensa da entidade. O texto e a foto são do jornalista Fritz R. Nunes. Acompanhe:

 “Assembleia aprova paralisação docente na quinta-feira 

Em assembléia realizada no final da tarde desta terça, 13, na sede da SEDUFSM, os professores decidiram aderir a uma paralisação que foi chamada pela coordenação nacional das entidades de servidores federais para quinta, 15 de março. O movimento se refere à campanha salarial 2012, que possui vários pontos de pauta (ver mais abaixo) e que até o momento não teve resposta do governo. No que se refere aos docentes, a insatisfação também se dá pelo fato de as negociações sobre o plano de carreira estarem paralisadas, quando a promessa era de que o acordo sobre as mudanças, assinado em agosto passado, seria implementado até o final de março.

Na UFSM, tanto professores como servidores técnico-administrativos realizarão atividades conjuntas na quinta-feira como forma de divulgar a pauta da campanha salarial deste ano. O movimento também acontece no  momento em que educadores de todo o país, inclusive em Santa Maria, realizam paralisações em defesa da implementação do piso nacional do magistério…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI.

SIGA O SITÍO NO TWITTER

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo