Artigos

Landó, o criador do curso de Administração – por Carlos Costabeber

O Prof. José Mariano da Rocha Filho sempre se caracterizou por enxergar o mundo muito a sua frente, e tinha uma obsessão em mente. Queria criar na UFSM um curso superior de Administração. Mas como era uma profissão incipiente, não havia profissionais a nível acadêmico em condições de organizar e dirigir uma Instituição com essas características.

Mas por aqui trabalhava um urbanista muito famoso, e que estava envolvido com a criação do Plano Diretor de Santa Maria, o arquiteto Francisco Danilo Menezes Landó.

O Dr. Mariano, muito vivo, viu no Prof. Landó o profissional perfeito para criar e dirigir o curso superior de Administração.
Convidado, Landó aceitou  a missão, com a condição de ter autonomia para traçar o rumo da nova Instituição. Assim, em dezembro de 1966, para minha grande alegria, foi criado o curso que eu tanto sonhava.

Bem a tempo, pois naquele ano eu estava concluindo o “Científico” no Colégio Santa Maria, e estava disposto a tentar o vestibular para Administração na UFRGS, em Porto Alegre.

Quando em fevereiro abriram as inscrições para o 1° vestibular do novo curso, fui o primeiro a me candidatar (e “entrei para a história” do Curso, como o 1° entre os milhares de candidatos que se inscreveram nesses 45 anos de existência). Lá estava o saudoso Bira, com uma mesinha no hall da Antiga Reitoria, para receber as inscrições.

Assim, em apenas 90 dias, o Prof. Landó conseguiu montar uma estrutura mínima de funcionamento, para os 30 candidatos aprovados no vestibular (incrível, mas naquela época, tivemos que passar por um exame psicotécnico – 1ª exigência do novo Diretor). E já em março começaram as aulas, em uma sala no prédio da Engenharia, no Campus.

Mas o grande imbroglio era contratar professores! E o Landó tomou duas decisões arrojadas:

1) selecionou um grupo de profissionais de diversas áreas, para fazerem mestrado na Fundação Getúlio Vargas no Rio de Janeiro; e outros partiram com o mesmo objetivo, para os Estados Unidos; e (2) de imediato trouxe colegas seus da UFRGS, de alto nível, que vinham todas as semanas para nos dar aulas.

Assim, com audácia e visão de longo prazo, o Prof. Landó criou e dirigiu o Curso de Administração da UFSM, lá no longínquo ano de 1967 – dando mais uma demonstração da sua grande capacidade de gestão pública e de visão do futuro.

Nessa semana ele voltou mais uma vez a Santa Maria, onde tive a oportunidade de reencontrá-lo. Foi um raro prazer, pois muito do que sou como empresário e professor devo a esse homem. Um homem que “desafiou o mundo”, para realizar o sonho do Professor Mariano.

Na oportunidade, juntamente com o Prefeito Schirmer, a Ceura Fernandes e os professores Máximo Trevisan e Antonio Carlos Lemos, rememoramos aqueles bons tempos.

Particularmente, lembrei o mestre sobre como criei a 1ª biblioteca setorial dentro da UFSM. Era 1968, e não tínhamos bibliografia especializada em Administração, na Biblioteca Central. Como fundador e 1° Presidente do Diretório Acadêmico, mandei confeccionar bandeirinhas do Brasil, e saí a vender nas empresas. Era o período em que o Brasil vivia o “Ame-o ou Deixe-o”, e nisso enxerguei uma oportunidade para arrumar dinheiro e criar uma pequena biblioteca.

A empreitada foi um sucesso e com a grana, peguei um ônibus levando duas grandes malas vazias, e voltei com uma boa quantidade de livros técnicos. Esse foi o “1° case comercial” dentro do Curso.

OBRIGADO, PROF. LANDÓ! Duas gerações de Administradores são gratos pelo seu legado.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Bom saber que o curso já foi mais motivador, pois hoje o curso está carente de bons professores, apesar de uma nova estrutura no campus universitário, o corpo docente é muito desmotivador, péssimas aulas, mestres arrogantes e mal preparados.

    Sou aluno e convivo com isso diariamente, como um apaixonado pela profissão sinto que minha formação está abaixo do esperado. E não falo somente por mim, colegas reportam os mesmos problemas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo