NÃO CUSTA LEMBRAR. No Pará, todos tiveram que se manifestar sobre desmembramento. Já por aqui…

Confira a seguir trecho da nota publicada aqui na tarde de 25 de agosto de 2011, quinta-feira:

É NO PARÁ, MAS… Plebiscito para emancipação tem que ser feito também com quem vive no território a ser desmembrado

Essa decisão do Supremo Tribunal Federal, tomada ontem, certamente, por analogia, terá reflexos em qualquer processo emancipacionista. Inclusive naquele que poooode acontecer em Santa Maria, com a eventual tentativa de desmembramento de distritos.

No caso objetivo, tratou-se do Estado do Pará. Mas, e isso é evidente, terá reflexos no país inteiro. Do que se está falando? Acompanhe material detalhado publicado hoje na revista eletrônica especializada Consultor Jurídico. A reportagem é de Rodrigo Haidar. A seguir:

Estado inteiro deve ser consultado sobre divisão

Toda a população do Pará deve ser consultada no plebiscito em que se decidirá sobre a divisão do estado em três. Foi o que decidiu nesta quarta-feira (24/8) o Supremo Tribunal Federal. Com a decisão...”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, como já é sabido, os paraenses, por maioria, se colocaram contra o desmembramento do Estado em três partes – com a criação de duas novas unidades. E aí o editor lembra (ou pergunta): avançou a ideia de emancipação de três distritos da comuna de Santa Maria da Boca do Monte?



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *