CampanhaEleições 2012JudiciárioPolítica

TROCO. Candidatos declaram receita de R$ 300 mil e despesa de R$ 230 mil. Saiba quem é o maior doador

Está tudo lá, no sítio do Tribunal Superior Eleitoral. Quem doou e pra quem. Quanto recebeu e onde gastou. E uma infinidade de outras informações, disponíveis ao público, naquela que é a segunda prestação de contas parcial dos candidatos a prefeito e vereador, em todas as comunas brasileiras.

Mas, e em Santa Maria? Este editor fez um resumo do quanto receberam (e gastaram) os candidatos majoritários, lembrando sempre que são dados ainda não finais – estes, só depois da eleição de 7 de outubro. E uma curiosidade, agora antecipada: afinal, quem é o maior doador individual das campanhas? Sim, tem um, no caso das candidaturas a prefeito.

Trata-se da CVI Refrigerantes, que destinou montante (aliás, perfeitamente legal) idêntico a três candidatos: R$ 35 mil cada um para Cezar Schirmer, Helen Cabral e Jorge Pozzobom. No total, R$ 105mil. O que significa mais de um terço da arrecadação total de todos os concorrentes à Prefeitura.

Agora, o resumo prometido, em cada uma das cinco candidaturas majoritárias. Atenção: os recursos são contabilizados conforme a porta de entrada. Que são três, a individual, ao candidato; o comitê financeiro (que é gerido pela coligação por ele liderada), e a direção do partido.

Computando as receitas informadas à Justiça Eleitoral, se tem, somados os cinco candidatos a prefeito, pouco mais de R$ 300 mil. As despesas contabilizadas, até aqui, alcançam algo como R$ 230 mil. Confira:

Cezar Schirmer (PMDB):

Individual: receita e despesa iguais: R$ 2.300

Comitê Financeiro: receita de R$ 93.500; despesa de R$ 84.139,77

Direção Partidária: receita de R$ 35 mil.

Total: receita de R$ 132.800; despesa de R$ 86.439,77

Helen Cabral (PT):

Individual: receita de R$ 123.250 (inclusive a repassada pela direção partidária) e despesa de R$ 104.527,20

Comitê Financeiro: zerado

Direção Partidária: receita de R$ 35 mil (repassada ao comitê individual, onde está registrada).

Total: receita de R$ 123.250 e despesa de R$ 104.527,20

Jorge Pozzobom (PSDB):

Individual: receita de R$ 14 mil e despesa de R$ 15.465

Comitê Financeiro: receita de R$ 35.000; despesa de R$ 26.260

Direção Partidária: zerada.

Total: receita de R$ 49.000; despesa de R$ 41.725

Jeferson Cavalheiro (PSTU):

Individual: receita e despesa iguais: R$ 243 (no caso da primeira, repassada pelo Comitê Financeiro)

Comitê Financeiro: receita de R$ 243

Direção Partidária: receita de R$ 1.138, despesa de R$ 130

Total: receita de R$ 1.381; despesa de R$ 373

Tiago Aires (PSOL):

Individual, Comitê Financeiro, Direção Partidária: tudo zerado. Nada de receita. Nem de despesa.

Total: receita “zero”; despesa “zero”

PARA QUEM QUISER PESQUISAR AS PRESTAÇÕES PARCIAIS DE CONTA DE CAMPANHA, INCLUSIVE DE VEREADORES, CLIQUE AQUI.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Um Comentário

  1. Aqui vai minha pergunta, estas empresas simplesmente mentem a mão no bolso e dão o dinheiro sem retorno nenhum ou isso é abatido no imposto de renda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo