HistóriaMemória

NÃO CUSTA LEMBRAR. Fim do sigilo. Viva a história!

Confira a seguir trecho da nota publicada na tarde de 26 de outubro de 2011, quarta-feira:

IMPORTANTE. Enfim, acaba sigilo eterno dos documentos públicos. A história agradece

O jornalista Fernando Rodrigues, da Folha de São Paulo e do Universo Online, revela: após a sanção da lei, aprovada ontem pelo Senado, pela Presidente da República Dilma Rousseff, em 180 dias o preceito estará em vigor e os requerimentos de dados poderão ser feitos inclusive por E-MAIL. Mais simples e de acordo com os tempos, cá entre nós, é virtualmente impossível.

Mas, do que se está escrevendo? Da Lei do Acesso, que coloca o Brasil junto aos vanguardeiros do planeta. Acaba o odioso segredo que cerca um punhado de documentos públicos, muito deles por toda a eternidade. Agora, há prazos. E bem razoáveis, permitindo que se conheça melhor a história do País e de suas autoridades e dos atos que interessam à cidadania. Para exemplificar, os documentos qualificados como “ultrassecretos” são os únicos que, se renovada (por uma única vez) o sigilo, assim se poderá se manter pelo máximo de 50 anos. Nos demais casos...”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, ainda há muitas dificuldades para a implantação da lei. Mas, de todo modo, em algum momento, e que não demora, será possível, enfim, resgatar a história recente do País. O que é bom para a sociedade.

 

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo