NÃO CUSTA LEMBRAR. O projeto do Mercado Público

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 9 de janeiro de 2012, segunda:

EM PRIMEIRA MÃO. Projeto Esperança/Cooesperança discute criação de um Mercado Público

Transformar o Centro de Economia Solidária Dom Ivo Lorsheister em um Mercado Público em parceria com a iniciativa privada. Estariam os grupos que formam o Projeto Esperança/Cooesperança dispostos a aceitar a proposta? Este dilema será debatido até o final de abril.

A ideia foi apresentada pelos empresários santa-marienses Dioni Lovato e Adriana Arruda na manhã do último sábado, no próprio Centro de Economia, durante a 6ª reunião do Grupo de Trabalhado de Economia Solidária, da Agência de Desenvolvimento de Santa Maria (ADESM). Inclusive foi exposto um anteprojeto arquitetônico que inclui restaurantes, petiscarias, cafeteria, espaço de conveniência, banheiros e depósito de materiais...”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI                      

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, que se diga: o projeto do Mercado Público existe. Só não se sabe é porque a ideia não avançou. Talvez por desinteresse dos articuladores. Ou falta de recursos. Ou inexistência de vontade política. Ou tudo isso junto. Ou nada disso.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *