JudiciárioPolítica

NÃO CUSTA LEMBRAR. “Rodin”, processo no final

Confira a seguir trecho da nota publicada na manhã de 10 de janeiro de 2013, quinta:

OPERAÇÃO RODIN. Advogado da família Fernandes divulga nota e critica juíza Simone Barbisan Fortes

O advogado da família Fernandes no processo penal da Operação Rodin, Bruno Seligman de Menezes, divulgou um anota à imprensa nesta quarta-feira, 9 de janeiro. Ele faz críticas a pedidos de diligências que foram indeferidos e também ao fato da juíza Simone Barbisan Fortes, responsável pelo processo, ser removida para Florianópolis em 20 de junho de 2013.

– Não bastasse a flagrante e inconstitucional situação de juízo de exceção, em que um magistrado é dono de um processo, ainda tenta acelerá-lo para adequá-lo a seus interesses profissionais  – afirma Menezes.

A decisão pela transferência foi publicada no Diário Oficial de Justiça. O pedido de remoção partiu da própria magistrada.

O processo sobre a suposta fraude de R$ 44 milhões no Detran está em fase final. Hoje, passa a valer o prazo de…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, independente do que se disse e fez nesse período, o fato é que, agora, só falta mesmo a sentença. Isso significa o final? Sim. E não. Afinal, é certo que recursos vão ocorrer, já que a decisão ainda será de primeira instância. Logo…

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo