Câmara de VereadoresSanta MariaTragédia

NÃO CUSTA LEMBRAR. O vão esforço da CPI da Kiss

Confira a seguir trecho da nota publicada na madrugada de 13 de março de 2013, quarta:

TRAGÉDIA. CPI da Kiss faz um esforço para se livrar do rótulo de comissão “governista” e “chapa branca”

… O Fórum de acompanhamento das investigações da tragédia da boate Kiss reúne um conjunto de entidades sindicais e dos movimentos sociais. Tem como articulador a Seção Sindical dos Docentes da UFSM, e a participação de várias entidades.

Como este sítio registrou na tarde passada, com material da assessoria de imprensa da Sedufsm, o grupo foi CONVIDADO oficialmente pela edil Maria de Lourdes Castro (PMDB),  presidente da CPI da Kiss, para acompanhar as reuniões da Comissão, no legislativo da comuna.

A Direção da CPI também fez idêntico convite a outras organizações, entre as quais a subsecção local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Defensoria Pública e Associação das Vítimas da tragédia de 27 de outubro.

OPINIÃO CLAUDEMIRIANA: trata-se de clara tentativa de desqualificar o epíteto com o qual a CPI está marcada desde o nascedouro. Isto é, uma iniciativa governista, em contraposição à proposta do vereador Werner Rempel – derrotada por uma arranjo politico que não convenceu sequer os inanimados degraus da calçada em frente ao prédio do Legislativo…”

PARA LER A ÍNTEGRA, CLIQUE AQUI                         

PASSADO EXATAMENTE UM ANO da publicação da nota, não tem jeito de mudar o curso da história. A CPI da Kiss, comprovou-se facilmente, foi totalmente voltada a um único objetivo: nada esclarecer, nada apontar. Aliás, objetivo plenamente alcançado. Ponto.

Leia também

ATENÇÃO


1) Sua opinião é importante. Opine! Mas, atenção: respeite as opiniões dos outros, quaisquer que sejam.

2) Fique no tema proposto pelo post, e argumente em torno dele.

3) Ofensas são terminantemente proibidas. Inclusive em relação aos autores do texto comentado, o que inclui o editor.

4) Não se utilize de letras maiúsculas (CAIXA ALTA). No mundo virtual, isso é grito. E grito não é argumento. Nunca.

5) Não esqueça: você tem responsabilidade legal pelo que escrever. Mesmo anônimo (o que o editor aceita), seu IP é identificado. E, portanto, uma ordem JUDICIAL pode obrigar o editor a divulgá-lo. Assim, comentários considerados inadequados serão vetados.


OBSERVAÇÃO FINAL:


A CP & S Comunicações Ltda é a proprietária do site. É uma empresa privada. Não é, portanto, concessão pública e, assim, tem direito legal e absoluto para aceitar ou rejeitar comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo